PUBLICIDADE
Notícias

Roger, do Ultraje, é chamado de "coxinha", bate boca com plateia e critica equipe do Rolling Stones

O cantor foi vaiado e chamado de "coxinha". Roger é conhecido como crítico notório do governo Dilma e do PT

11:49 | 21/02/2016
NULL
NULL

Roger, vocalista da banda Ultraje a Rigor, que abriu o show do Rolling Stones, no Rio de Janeiro, bateu boca com parte da plateia na noite deste sábado, 20. Segundo informações do portal Folha, ele foi vaiado e chamado de "coxinha" por uma plateia da área vip no estádio Maracanã e acabou reagindo às provocações.

"Vocês vão cair", disse o cantor mostrando o dedo médio. "Coxinha é a mãe de vocês", continuou. Em seguida, ele "dedicou" a canção "Filha da Puta", um dos hits da banda, ao grupo que o criticava. "Essa música vai para essa galera aí". Quando terminou a música, ele falou: "ladrão, corrupto, safado". O cantor é conhecido como crítico notório do governo Dilma e do PT.

Após o show, por meio das redes sociais, o músico se defendeu. "Não foi a plateia, foi um babaca que estava me xingando. Eu não levo desaforo pra casa." O cantor é conhecido como crítico notório do governo Dilma e do PT.

Roger também criticou o gerente e equipe dos Rolling Stones. Ele afirmou que foi "tratado como lixo" pelo gerente e pela produção da banda britânica.
[SAIBAMAIS3]
"O gerente de palco dos Rolling Stones me deram [sic] 10 minutos para sair do Maracanã. Fomos tratados como lixo o tempo todo. Nunca mais"."Rolling Stones são foda, mas equipe importada, estou fora. Nós somos lixo para eles", completou o cantor.

Redação O POVO Online

TAGS