PUBLICIDADE
Notícias

Presidente do Comitê Olímpico satisfeito com preparativos do Rio-2016 apesar do vírus zika

"É necessário observar que os Jogos Olímpicos no Brasil serão celebrados no inverno, temporada que não é o período preferido de reprodução dos mosquitos", disse o presidente do COI

07:22 | 02/02/2016
NULL
NULL

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, expressou confiança nos preparativos para os Jogos Olímpicos Rio-2016, apesar da epidemia do vírus zika que afeta o Brasil e que levou a Organização Mundial de Saúde (OMS) a declarar emergência mundial.

"Nós saudamos a decisão da OMS, pois permitirá aumentar ainda mais as precauções contra o vírus e proporcionar mais recursos para lutar contra ele", disse Bach durante uma visita a Los Angeles, uma das quatro cidades que disputam o direito de receber os Jogos Olímpicos de 2024.

"Estamos em estreito contato com a OMS, estamos em contato com todos os comitês olímpicos nacionais, que por sua vez estão em contato com as autoridades de saúde do país. Não há proibição de viagens, também é necessário observar que os Jogos Olímpicos no Brasil serão celebrados no inverno, temporada que não é o período preferido de reprodução dos mosquitos", completou o presidente do COI.

"Tudo isto nos deixam com muita confiança: quando os Jogos começarem no Rio, as condições serão boas para os atletas e os espectadores", disse.

A OMS classificou o vírus zika como uma "emergência de saúde pública de alcance mundial".

Bach descartou a hipótese de que os atletas se recusem a participar das Olimpíadas no Rio pelo vírus zika.

"Não penso que isto possa acontecer, porque foram adotadas as medidas, porque o Brasil está determinado, pois ainda restam seis meses para resolver o problema".

AFP

TAGS