Ator Antônio Pompêo morre aos 62 anosNotícias do Brasil
PUBLICIDADE
Notícias


Ator Antônio Pompêo morre aos 62 anos

O ator que integrou elencos de novelas como 'O Rei do Gado' e 'A viagem' foi encontrado morto em casa nesta terça, mas teria morrido no último domingo, 3. Causa da morte não foi divulgada

17:48 | 05/01/2016
NULL
NULL

O ator e artista plástico paulista Antônio Pompêo, 62 anos, foi encontrado morto em sua casa no Rio de Janeiro nesta terça-feira, 5.

De acordo com o site Ego, o corpo de Antônio foi encontrado nesta terça, após denúncia de uma vizinha, mas informações dão conta que o ator teria morrido no último domingo, 3.   

A suspeita, no entanto, deve ser confirmada apenas após o trabalho da perícia no Instituto Médico Legal, para onde o corpo do ator foi encaminhado.  

A vizinha estranhou o sumiço do amigo e, por isso, acionou a Polícia Militar. Em entrevista ao Ego, ela contou que ele não retornou suas ligações e, ao se dirigir à sua casa, sentiu um odor muito forte vindo de uma janela aberta.
[SAIBAMAIS 3]
"Vendo a janela dele aberta, o que não era de costume, estranhei. E vinha um odor forte na minha varanda. Liguei para o dono da casa, que pediu pra chamar polícia. Quando a polícia chegou, constatou que ele estava morto. Acreditamos que já estava desde domingo... O corpo já estava muito debilitado e com um odor muito forte", contou a vizinha.

Antônio Pompêo morava sozinho no bairro de Guaratiba, Zona Oeste do Rio e ficou conhecido por integrar elencos de novelas, como 'O Rei do Gado', 'A casa das sete mulheres', 'A viagem' e 'Mulheres de Areia', além de filmes, como 'Xica da Silva'. Ele deixa uma filha.

Paulista da cidade de São José do Rio Pardo, nascido em 1953, Antônio Pompêo estreou no cinema em 1976, no filme Xica da Silva, de Carlos Diegues.

Militante do movimento negro, Pompêo foi presidente do Centro de Documentação e Informação do Artista Negro (Cidan) e diretor de Promoção, Estudos, Pesquisas e Divulgação da Cultura Afro-Brasileira, da Fundação Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura.

[VIDEO1] 

"Descanse em paz"

A atriz Zezé Motta disse estar "em choque" com a notícia da morte de Antônio, classificado por ela como um "amigo e grande ator".

"Juntos, trabalhamos em Xica da Silva, Quilombo, entre tantos outros projetos no cinema, na televisão foram mais de 05 novelas onde tivemos a oportunidade de estarmos um com o outro... Pompêo também presidiu o Centro de Informação e Documentação do Artista Negro, fundado por mim em 1984", escreveu Zezé em sua página no Facebook. "A dor é grande! Descanse em paz meu amigo", finaliza. 

Redação O POVO Online e Agência Brasil
 
TAGS