PUBLICIDADE
Notícias

Veja os candidatos eleitos no primeiro turno

No Paraná, já venceram a disputa os candidatos Beto Richa (PSDB) para o Governo e Álvaro Dias (PSDB) para o Senado

19:05 | 05/10/2014

Conheça os candidatos eleitos no primeiro turno:

- Paraná:

O candidato Beto Richa (PSDB) venceu a disputa para o governo do Paraná, com 55,85% dos votos válidos. Roberto Requião (PMDB) ficou em segundo lugar, com 27,45% dos votos válidos. Até agora foram apurados 97,13% das urnas. Os votos brancos somam 4,62% e os nulos, 4,62%. A abstenção está em 16,87%.

O candidato Álvaro Dias (PSDB) venceu novamente a disputa para o Senado no Paraná, com 77,07% dos votos válidos. Ricardo Gomyde (PCdoB) ficou em segundo lugar, com 12,46% dos votos válidos. Até agora foram apurados 98,09% das urnas no estado. Os votos brancos somam 8,83% e os nulos, 9,63%. A abstenção está em 16,87%.

-Espírito Santo:

Paulo Hartung governará Espírito Santo pela terceira vez. Com 96% das urnas apuradas, o candidato do PMDB, Paulo Hartung, venceu a disputa. O ex-governador tem 53,01% dos votos válidos já apurados, o que representa um total de 975.409 votos. O atual governador, Renato Casagrande, do PSB, ficou em segundo lugar, com 39,66 % dos votos válidos, somando de 729.724 votos. Até o momento, os votos brancos somam 5,44 % e os nulos, 5,75%. A abstenção está em 19%.

A deputada federal Rose Freitas (PMDB) conseguiu  776.978 votos e alcançou a vaga no Senado pelo Espírito Santo. Em segundo, Neucimar Fraga (PV), com 522.920 votos. 

- Mato Grosso do Sul:

Com 89,29% das urnas apuradas, a candidata Simone Tabet (PDT) está matematicamente eleita para o Senado em Mato Grosso do Sul. Com 52,68% dos votos, ela não pode mais ser alcançada pelo segundo colocado, o candidato Ricardo Ayache (PT), que recebeu 22,72%. Em terceiro aparece Alcides Bernal (PP) com 16,97%. Os votos brancos somam 7,31% e os nulos, 8.38%.

Delcídio do Amaral (PT) e Reinaldo Azambuja (PSDB) vão disputar o segundo turno do Governo do Mato Grosso do Sul, com 42,92% e 39,09% dos votos.

- Goiás:

Com 94,43% das urnas apuradas, o candidato Ronaldo Caiado (DEM) está matematicamente eleito para o Senado em Goiás. Com 47,68% dos votos válidos, Caiado não pode mais ser alcançado pelo segundo colocado,Vilmar Rocha, do PSD, que recebeu 37,59%. Em terceiro, aparece Mariana Sant'anna, do PT, com 10,94%. Os votos brancos somam 10,56% e os nulos, 12,55%.

- Maranhão:

O candidato Flavio Dino (PCdoB) venceu a disputa para o governo do Maranhão, com 64,02% dos votos válidos. Lobão Filho (PMDB) ficou em segundo lugar, com 33,11% dos votos válidos. Até agora, já foram apurados 86,70% das urnas. Os votos brancos somam 4,17% e os nulos, 9,67%.

- Tocantins:

O candidato Marcelo Miranda (PMDB) venceu, em primeiro turno, a disputa para o governo do Tocantins, com 51,51% dos votos válidos. Sandoval Cardoso (SD) ficou em segundo lugar, com 44,53% dos votos válidos. Até agora foram apurados 98,35% das urnas. Os votos brancos somam 2,46% e os nulos, 9,74%. A abstenção está em 19,66%.

- Santa Catarina:

O candidato à reeleição Raimundo Colombo (PSD) venceu a disputa para o governo de Santa Catarina, com 51,36% dos votos válidos. Paulo Bauer (PSDB) ficou em segundo lugar, com 29,94% dos votos válidos. Até agora foram apurados 99,21% das urnas do estado. Os votos brancos somam 7,63% e os nulos, 7,78%. A abstenção está em 16,41%.

O candidato Dário Berger (PMDB) venceu a disputa para o Senado por Santa Catarina,  com 42,88% dos votos válidos. Paulo Bornhausen (PSB) ficou em segundo lugar, com 38,35% dos votos válidos. Até agora foram apurados 97,38% das urnas do estado. Os votos brancos somam 12,05% e os nulos, 12,58%. A abstenção está em 16,44%. 

- Rio de Janeiro:

O ex-jogador e deputado Romário (PSB-RJ) venceu neste domingo, 5, a disputa por uma vaga no Senado Federal pelo Rio de Janeiro. Ele vai ocupar a vaga que será aberta pelo senador Francisco Dornelles (PP-RJ), candidato a vice-governador do Rio.

Os candidatos ao Governo do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), com 40,58%, e Marcelo Crivella (PRB), com 20,25% dos votos, vão disputar o segundo turno. Anthony Garotinho (PR) ficou em terceiro, com 19,27%.

- Pernambuco:

O candidato Paulo Câmara (PSB) venceu a disputa para o governo de Pernambuco, com 67,93% dos votos válidos. Armando Monteiro (PTB) ficou em segundo lugar, com 31,23%. Até agora foram apurados 86,2% das urnas. Os votos brancos somam 7,21% e nulos 9,52%.

- Rio Grande do Sul:

O candidato Lasier Martins (PDT) venceu matematicamente a disputa para o Senado no Rio Grande do Sul, com 37,50% dos votos válidos. Olívio Dutra (PT) ficou em segundo lugar, com 35,24% dos votos válidos.

- Minas Gerais:

O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT) venceu, em primeiro turno, a disputa pelo governo do estado de Minas Gerais. Com 97,24% das urnas apuradas, Pimentel está com 52,84%% dos votos válidos, Pimenta da Veiga (PSDB), com 42,01%, e Tarcísio Delgado (PSB), com 3,92%. Os votos brancos somam 8,59% e os nulos, 8,37%. Os votos válidos totalizam 83,04%.

- São Paulo:

Com 91,95% das urnas apuradas, o candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, está matematicamente eleito para o governo de São Paulo. Até o momento, o atual governador obteve 57,43% dos votos válidos apurados, o que representa 11.271.576 votos. Com a vitória, Alckmin ocupará o cargo de governador de São Paulo pela quarta vez - sempre eleito pelo partido que ajudou a fundar, o PSDB.

- Sergipe:

O candidato Jackson Barreto (PMDB) venceu a disputa para o governo de Sergipe, com 53,47% dos votos válidos, e está matematicamente eleito no primeiro turno. Eduardo Amorim (PSC) ficou em segundo, com 41,35% dos votos válidos. Até agora foram apuradas 97,35% das urnas. Os votos brancos somam 6,28% e os nulos, 12,63%. 

- Mato Grosso:

O candidato Pedro Taques (PDT) venceu a disputa para o governo de Mato Grosso no primeiro turno. Com 93,48% dos votos apurados, conquistou até agora 57,30% dos votos válidos e não pode ser mais alcançado por Lúdio Cabral (PT), que está em segundo lugar, com 32,48% dos votos. Os votos brancos somam 5,42% e os nulos 8,26%.

Agência Brasil

 

TAGS