PUBLICIDADE
Notícias

Robinho é investigado em acusação de estupro coletivo na Itália

O caso teria ocorrido em janeiro de 2013, quando o jogador estava no Milan

12:39 | 22/10/2014
NULL
NULL

O jogador Robinho está sendo investigado por suposto estupro coletivo, segundo informações publicadas pelo jornal italiano “Corriere dela Sera”. O caso teria ocorrido em janeiro de 2013, quando o jogador estava no Milan.

A vítima seria uma brasileira de 18 anos, que alega ter conhecido o atacante do Santos em um restaurante, onde ele estava com a mulher e mais cinco amigos.

De acordo com relato da jovem, depois de deixar a esposa em casa, Robinho e os amigos retornaram ao restaurante, onde a situação teria saído do controle, e a mulher obrigada a ter relações sexuais com todos eles.

A brasileira só denunciou o ocorrido seis meses depois . O Ministério Público da Itália pediu a prisão preventiva do jogador, que foi negada pela juíza Alessandra Simion, alegando não ter evidências suficientes, além de considerar o fato do jogador não ter antecedentes criminais, e que, por estar de volta ao Brasil, há garantia de que ele não possa atrapalhar as investigações.

Não é a primeira vez que Robinho é envolvido em acusações de estupro. Em 2009, quando estava no Manchester City, o jogador foi acusado de violentar uma jovem de 18 anos em uma boate de Leeds, na Inglaterra. Na época, Robinho negou e foi absolvido.

Redação O POVO Online

TAGS