PUBLICIDADE
Notícias

Morre ator e diretor Hugo Carvana, aos 77 anos

Recentemente, ele dirigia a pré-produção de um novo longa, a ser gravado no próximo ano. Comédia seria em avenidas da Copacabana e teria Paulo Betti no elenco

14:41 | 04/10/2014
NULL
NULL

Hugo Carvana, ator e diretor, morreu neste sábado, 4, no Rio de Janeiro. O artista estava internado desde o último domingo, 28, no Hospital Pró-cardiáco e vivia com o mal de Parkinson, doença diagnosticada há pelo menos cinco anos. Detalhes do velório e sepultamento ainda não foram divulgados.

Carvana trabalhou em mais de cem filmes, além de atuar em mais de 30 novelas, e ficou conhecido na televisão por personagens emblemáticos, como o jornalisra Valdomiro Pena, protagonista do seriado "Plantão de Polícia" (1979), da Globo. Também dirigiu nove filmes, entre os premiados "Vao Trabalhar Vagabundo" (1973), comédia lançada no auge da Ditadura Militar, e "Bar Esperança" (1983).

%2b Personalidades lamentam a morte de Hugo Carvana

O ator nasceu na capital carioca no dia 4 de junho de 1937. Autodidata, ele abandonou a escola para trabalhar como office-boy em um laboratório e iniciou a carreira de ator aos 18 anos, quando atuava interpretando chanchadas.

[SAIBAMAIS 1] Recentemente, ele dirigia a pré-produção de um novo longa, a ser gravado no próximo ano. Comédia seria em avenidas da Copacabana e teria Paulo Betti no elenco, conforme informações da Folha de S. Paulo.

Entre as suas principais atuações em novelas estão Gabriela (1975), "Roda de Fogo" (1986), "Celebridade" (2003) e "Paraíso Tropical" (2007), além de minisséries como "As Noivas de Copacabana" (1992), "Engraçadinha... Seus Amores e Seus Pecados" (1995), "Chiquinha Gonzaga" (2003) e "JK" (2006).

Redação O POVO Online

TAGS