PUBLICIDADE
Notícias

Estado de saúde de Ariano Suassuna se agrava e situação é instável

Novo boletim médico foi divulgado pela assessoria do Real Hospital Português, na manhã desta quarta-feira, 23

20:01 | 22/07/2014
NULL
NULL

Atualizada nesta quarta-feira, às 12h20min

 

Um novo boletim médico sobre a saúde do escritor Ariano Suassuna foi divulgado às 11h, desta quarta-feira, pelo Real Hospital Português, onde ele está internado em Recife. O escritor segue internado na UTI neurológica do hospital com quadro instável e grave. Ele permanece em coma e respira com ajuda de aparelhos.

 

O estado de saúde do escritor se agravou e "a situação é instável, com queda da pressão arterial e pressão intracraniana muito elevada", informou um boletim médico divulgado pela assessoria do Real Hospital Português, na noite desta terça-feira, 22. O escritor permanece internado na UTI Neurológica do Real Hospital Português, no Recife, em coma e respirando com ajuda de aparelhos.

Suassuna teve um AVC hemorrágico na última segunda-feira, 21, e foi submetido cirurgia de emergência. Ele foi internado por volta das 20 horas de segunda com sangramento intracraniano. Em agosto do ano passado, Suassuna foi internado com um quadro de aneurisma cerebral, detectado em ressonância magnética.

História

Ariano Suassuna nasceu no dia 16 de junho de 1927, em João Pessoa, e cresceu no Sertão paraibano. Entre suas diversas obras, estão "O auto da compadecida" e o "O Santo e a porca".

Em 1942, ele se mudou para o Recife, onde vive atualmente. Sua primeira peça, "Uma mulher vestida de sol", ganhou o prêmio Nicolau Carlos Magno em 1948.

"O auto da compadecida" foi adaptado para a televisão em 1999, por Guel Arraes, enquanto "Romance d'a pedra do reino" e "O príncipe do sangue do vai-e-volta" deram origem à minissérie "A pedra do reino".

Após série, "O Auto da Compadecida" foi lançado como filme, com Matheus Nachtergaele no papel de João Grilo e Selton Mello como Chicó.

Redação O POVO Online

TAGS