PUBLICIDADE
Notícias

Governo institui grupo de combate à extinção de animais

Força tarefa vai dar atenção a espécies como boto vermelho, onça-pintada, muriqui, tatu-bola, tubarões e arraias de água doce

14:36 | 23/05/2014

O Ministério do Meio Ambiente instituiu força tarefa para combater os ilícitos ambientais relacionados à fauna ameaçada. A informação foi divulgada por meio da portaria nº 189, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 23.

O grupo dará atenção prioritária às seguintes espécies: boto vermelho, peixe-boi-da-amazônia, arara-azul-de-lear, onça-pintada, muriqui, tatu-bola, tubarões e  arraias de água doce.

O texto informa que os representantes (titulares e suplementes) serão escolhidos pelos mandatários dos órgãos envolvidos. Além disso, representantes de outros órgãos, de todas as esferas (federal, estadual e municipal), poderão ser convidados a participar do grupo, com o objetivo de aprimorar os processos de trabalho.

De acordo com a portaria, integram o grupo os seguintes órgãos:

Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama):
1. Diretoria de Proteção Ambiental (DIPRO)
2. Diretoria de Uso Sustentável da Biodiversidade e Florestas (DBFLO)
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio):
1. Diretoria de Criação e Manejo de Unidades de Conservação (DIMAN)
2. Diretoria de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade (DIBIO)
3. Diretoria de Ações Socioambientais e Consolidação Territorial em (UCs-DISAT)
Ministério da Justiça
1. Departamento de Policia Federal
2. Departamento de Policia Rodoviária Federal

 

Portal Brasil

TAGS