PUBLICIDADE
Notícias

Com Xuxa entre convidados, deputado diz que ela agrediu às crianças

Durante discussão para votação de Lei da Palmada, deputado evangélico lembra de filme protagonizado pela apresentadora e afirma que ela ''protagonizou um filme pornô''

16:35 | 21/05/2014
NULL
NULL

Em reunião da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara para votação da Lei da Palmada, o deputado Pastor Eurico (PSB-PE) afirmou que a apresentadora Xuxa Meneghel teria praticado uma violência contra as crianças, quando “protagonizou um filme pornô”.

"Eu nem falo sobre a violência que passa na tevê todos os dias. A conhecida rainha dos baixinhos protagonizou em 1982 a maior violência contra as crianças quando fez um filme pornô", afirmou o deputado, fazendo alusão ao filme "Amor estranho amor" em que Xuxa reproduz cenas eróticas com um garoto de 12 anos.

A apresentadora, que era convidada da sessão do CCJ e que não poderia responder, já que apenas integrantes da comissão tem o direito à fala durante as reuniões, fez apenas um gesto de coração, com as mãos. Outros parlamentares fizeram questão de defender a apresentadora.

"Gostaria de deixar claro que essa é a opinião dele [Pastor Eurico]. Não é posição da bancada evangélica", disse o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ), que também é integrante da bancada evangélica.

"Cada um tem seu papel relevante na sociedade, seja como parlamentar, seja como artista", afirmou a deputada Sandra Rosado (PSB-RN).

Xuxa, que deixou a câmara sem dar entrevistas, ainda não se pronunciou sobre as declarações do deputado.

 

Redação O POVO Online

TAGS