PUBLICIDADE
Brasil
Noticia

Vai ter Carnaval e Réveillon em 2022? São Paulo definiu condições para haver festas

O decreto paulista condiciona a realização dos eventos à vacinação de mais de 70% da população adulta da capital paulista e à autorização da Secretaria Municipal de Saúde.

13:04 | 07/07/2021
Bloco do Pagu, na Praça da Republica, Centro de São Paulo, com participação de Ana Canas, em 2019. Expectativa de ter Carnaval em 2022 (Foto: GABRIELA BILO / Agência Estado)
Bloco do Pagu, na Praça da Republica, Centro de São Paulo, com participação de Ana Canas, em 2019. Expectativa de ter Carnaval em 2022 (Foto: GABRIELA BILO / Agência Estado)

A Prefeitura de São Paulo publicou decreto que cria comissões especiais responsáveis pela organização de eventos festivos nos anos de 2021 e 2022. No documento, o órgão considera que existe a expectativa de vacinação da população com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19, o que provocaria a previsão de redução no número de casos e mortes pela doença nos próximos meses.

O decreto, com data do último sábado, 3,  condiciona a realização dos eventos à vacinação de mais de 70% da população adulta da capital e à autorização da Secretaria Municipal de Saúde. Na última quinta-feira, 1º, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), anunciou que as festas de Carnaval e Réveillon serão realizadas em 2021 e 2022.

VEJA TAMBÉM|

Episódio 1: Refugiados Urbanos

"Amém?": A busca pela porta de entrada do voto evangélico

“Nós chegamos, graças a Deus, em 62% do número de leitos de UTI. Tivemos na faixa de 80%, e hoje, não é que é confortável, mas nos deixa um pouco mais tranquilos com relação aos leitos de UTIs (unidades de terapia intensiva). A vacinação está acompanhando. Nós passamos de 7 milhões de doses de vacinas na cidade de São Paulo, com 56% da população eletiva já vacinada. A princípio, a cidade terá Réveillon, terá Carnaval”, disse Ricardo Nunes, prefeito de São Paulo.

A Prefeitura assegura que, com 70% das pessoas vacinadas, o passeio do Vale do Anhangabaú e a interdição da Avenida Paulista para carros aos domingos serão retomados.

“Nós vamos começar a fazer um processo de reabertura dos espaços públicos. Esses grupos que vão cuidar de Réveillon e Carnaval vão interagir com esse grupo que vai retomar as ações de reabertura das atividades, que nós vamos chamar de Retomada Econômica, muito importante para a cidade”.

Segundo boletim divulgado pela Prefeitura de São Paulo na terça, 6, a cidade aplicou 7.543.710 doses da vacina contra a Covid-19. Ainda de acordo com o boletim, 1.748.698 tomaram a segunda dose da vacina, e 118.688 tomaram imunizante de dose única.

Com informações do portal UOL de notícias