PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Confira a movimentação em Fortaleza neste sábado

Locais como Praia do Futuro e Mercado dos Pinhões registram queda de movimentação em relação aos carnavais passados. Já a Praia de Iracema continua com fluxo de pessoas, apesar das medidas restritivas

18:53 | 13/02/2021
O Mercado dos Pinhões é um dos principais pontos no Carnaval de Fortaleza.  (Foto: Thais Mesquita)
O Mercado dos Pinhões é um dos principais pontos no Carnaval de Fortaleza. (Foto: Thais Mesquita)

A Covid-19 mudou drasticamente o cenário de Fortaleza durante o período de Carnaval em 2021. Para evitar a propagação da doença, o governo estadual anunciou uma série de medidas restritivas em decreto que continua em vigência até o dia 17 de fevereiro. Dentre elas, estão a proibição de festas e a limitação dos horários de barracas de praia.

Quinze equipes da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), com apoio da Guarda Municipal, estão divididas em pontos fixos da cidade para fiscalizar o cumprimento das medidas e eventuais denúncias. De acordo com Ane Soraya Barreto, gerente de fiscalização do Núcleo Centro, a Agefis está realizando um trabalho de "ocupação preventiva". Confira como estão a Praia do Futuro, o Mercado dos Pinhões e a Praia de Iracema.

Praia do Futuro

A movimentação na Praia do Futuro foi tranquila neste sábado, 13. As barracas de praia tiveram de ser fechadas, conforme decreto, às 15 horas. Alguns banhistas ocuparam parte da faixa de areia após o horário, mas não houve registro de grandes aglomerações. Segundo o gerente da barraca América do Sol, Nilson Soares, a queda em relação a quantidade de pessoas já era esperada devido ao decreto. Sobre os próximos dias, Soares espera que o cenário seja diferente. “A gente espera que seja um pouco melhor, respeitando os protocolos do Estado”, conta.

Mercado dos Pinhões

O Mercado dos Pinhões é um dos principais pontos carnavalescos da Capital. Em anos anteriores, era comum encontrar a região lotada de foliões acompanhados por muita música. O cenário não se repete em 2021, as ruas encontram-se vazias. O Bar do Cazuza existe há 36 anos e para o proprietário José Braga, também conhecido como Cazuza, de 57 anos, a falta da festa teve um lado positivo. “Sem Carnaval é bem melhor, porque eu vendo mais. No Carnaval eu tenho que fechar às 17 horas, porque é muita aglomeração e não tem como controlar as vendas”, explica.

Praia de Iracema

Desde dezembro de 2020, trechos da Praia de Iracema estão gradeados para evitar aglomerações. Apesar da tentativa de frear o fluxo de pessoas em um dos principais pontos turísticos da cidade, o sábado que seria de Carnaval continua com movimentação normal mesmo sem clima de festa, com som alto e grande movimentação.  (com informações da repórter Iara Costa).