Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Olimpíada: Brasil bate Egito no futebol masculino e avança para as semifinais

Com gol de Matheus Cunha ainda no primeiro tempo, Brasil supera Egito e avança para enfrentar o México nas semifinais
08:58 | Jul. 31, 2021
Autor - Gabriel Borges
Foto do autor
- Gabriel Borges Autor
Tipo Noticia

A seleção olímpica brasileira deu mais um passo rumo à medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio. Os meninos do Brasil derrotaram o Egito por 1 a 0, com um gol marcado por Matheus Cunha no primeiro tempo. O resultado garantiu o Brasil nas semifinais dos Jogos. O México será o adversário brasileiro na próxima fase na competição. Os mexicanos eliminaram a Coreia do Sul, aplicando uma goleada de 6 a 3.

Contra o Egito, o Brasil foi superior nos 45 minutos iniciais. Apesar das muitas chances de gol, a Seleção balançou as redes apenas uma vez. Aos 36 minutos, em contra-ataque iniciado pelo goleiro Santos, o Brasil marcou o único gol do jogo, após finalização precisa de Matheus Cunha.

No segundo tempo, a equipe brasileira teve a chance de matar o jogo ainda nos primeiros minutos, mas desperdiçou as oportunidades criadas. O Egito ainda tentou achar o empate nos minutos finais, mas não obteve sucesso.

A partida que poderá garantir a classificação brasileira para mais uma final olímpica será na próxima terça-feira, 3, às 5h, em Kashima, contra o México. A outra vaga na final será decidida pelo confronto entre Espanha e Japão.

Esta é a oitava vez que o Brasil chega à semifinal do torneio masculino de futebol. O confronto contra os mexicanos marcará o reencontro dos finalistas das Olimpíadas de Londres 2012, além de reunir os dois últimos campeões olímpicos da categoria.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Olimpíada: por vaga na semifinal, seleção pega Egito no futebol

Esportes
2021-07-30 20:10:20
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Brasil e Egito se enfrentam na manhã deste sábado (31), a partir de 7h (horário de Brasília) no Estádio de Saitama, pelas quartas de final do torneio de futebol masculino da Olimpíada de Tóquio (Japão).

Seleção feminina reencontra Canadá por vaga na semifinal olímpica

Esportes
2021-07-29 16:38:18
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O adversário que a técnica Pia Sundhage mais vezes enfrentou no comando da seleção feminina de futebol está novamente no caminho. Nesta sexta-feira (30), as brasileiras encaram o Canadá pelas quartas de final da Olimpíada de Tóquio (Japão) às 5h (horário de Brasília), no estádio de Miyagi, na cidade de Rifu.

No comando do Brasil desde agosto de 2019, Pia encarou quatro vezes as canadenses. Em novembro daquele ano, a seleção atropelou as rivais: 4 a 0 no Torneio Internacional da China. Em março do ano passado, no Torneio Internacional da França, as equipes empataram por 2 a 2. Em fevereiro deste ano, o escrete canarinho superou as norte-americanas por 2 a 0 no She Believes, competição realizada em Orlando (Estados Unidos). Há pouco mais de um mês, em Cartagena (Espanha), os times não saíram do zero no último amistoso antes da Olimpíada.

Curiosamente, enfrentar o Canadá em um mata-mata olímpico costuma resultar em conquistas às equipes dirigidas por Pia. Nos Jogos de Pequim (China), em 2008, a técnica eliminou as rivais nas quartas de final e levou os Estados Unidos à medalha de ouro - contra o Brasil na final, inclusive. Quatro anos depois, em Londres (Grã-Bretanha), em 2012, novamente a frente das americanas, a sueca despachou as canadenses na semifinal.

"O Canadá é um bom time. Os jogos contra elas são apertados. Espero que seja um bom jogo e que consigamos fazer nosso melhor na defesa. Precisamos ter atenção na [atacante Christine] Sinclair, que é experiente [duas vezes medalhista de bronze, com mais de 300 jogos pela seleção] e inteligente. Não podemos deixá-la ter o domínio da partida", alertou Pia, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (29).

"Um detalhe que observamos nos jogos anteriores é que elas seguem um padrão de jogo. Temos que descobrir qual é esse padrão e preparar nossas jogadoras, especialmente no ataque. Quanto aos gols, creio ser a hora de marcarmos em jogadas de escanteio", completou a técnica.

O Brasil encerrou a primeira fase na segunda posição do Grupo F, com os mesmos sete pontos da líder Holanda, ficando atrás pelo saldo de gols. Na última terça-feira (27), as brasileiras superaram a Zâmbia por 1 a 0, gol de falta da meia Andressa Alves. Na ocasião, boa parte das titulares foi poupada e deve retornar contra o Canadá. O único desfalque certo é a zagueira Poliana, que sofreu uma pancada na cabeça diante das africanas e terá de fazer uma ressonância magnética para verificar se houve concussão.

Grêmio atropela Vitória no Barradão e abre vantagem na Copa do Brasil

Esportes
2021-07-28 00:44:06
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Mesmo atuando fora de casa, o Grêmio não tomou conhecimento do Vitória e abriu vantagem significativa no confronto pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta terça-feira (27), o Tricolor superou o Leão por 3 a 0 no Barradão, em Salvador, no jogo de ida do embate.

Fim de jogo: Vitória 0x3 #Grêmio Ricardinho, Léo Pereira e Diogo Barbosa marcaram e vencemos em Salvador! Na próxima terça-feira, receberemos o Vitória na Arena, para decidir a vaga nas quartas de final da @copadobrasil!

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Jogos: Brasil fatura 2ª prata no skate e vai com 3 às quartas do surfe

Esportes
2021-07-26 14:59:20
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O momento alto do Brasil no terceiro dia de competições da Olimpíada de Tóquio (Japão) foi protagonizado pela maranhense Rayssa Leal, a Fadinha, de 13 anos, que faturou a segunda medalha de prata no skate street. A primeira prata na modalidade foi conquistada na madrugada de domingo (25) pelo paulista Kelvin Hoefler. 

A mais jovem atleta da história do

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

No vôlei feminino, Brasil vence Coreia do Sul na estreia olímpica

Esportes
2021-07-25 12:30:50
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A seleção brasileira feminina de vôlei venceu a Coreia do Sul na estreia da modalidade na Olimpíada de Tóquio 2020 por 3 sets a 0, com parciais de 25/10, 25/22, 25/19. O jogo foi disputado na manhã deste domingo (25) na Arena Ariake.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags