PUBLICIDADE
Olimpíadas
NOTÍCIA

Cearense Elaine Gomes é cortada da equipe de handebol e fica fora da Olimpíada de Tóquio

Em sua conta no instagram, a atleta lamentou a ausência na competição e disse já estar focada nos Jogos Olímpicos de Verão de 2024, que serão realizados em Paris

Iara Costa
18:14 | 12/07/2021
Com a seleção brasileira, Elaine Gomes foi campeã do Mundial de Handebol, em 2013, na Sérvia e conquistou medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto-2015 e Lima-2019. (Foto: CBHb/divulgação)
Com a seleção brasileira, Elaine Gomes foi campeã do Mundial de Handebol, em 2013, na Sérvia e conquistou medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto-2015 e Lima-2019. (Foto: CBHb/divulgação)

A Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) divulgou nesta segunda-feira, 12, a lista de 15 jogadoras inscritas para defender a seleção feminina na Olimpíada de Tóquio. Campeã do mundo, a cearense Elaine Gomes foi cortada da lista final e não disputará os jogos Olímpicos.

Em sua conta no instagram, a atleta lamentou a ausência na competição e disse já estar focada nos Jogos Olímpicos de Verão de 2024, que serão realizados em Paris. "Mais uma vez, transformarei meu luto em luta. Torcerei muito por elas em Tóquio, mas já estou pensando em Paris", escreveu ela. 

A seleção brasileira de handebol realizou três amistosos antes de divulgar os cortes para os Jogos Olímpicos. Nesta segunda, a equipe perdeu para a Hungria por 24 a 23. Nos dois amistosos anteriores, o time venceu Montenegro por 22 a 21 e perdeu para a Hungria por 34 a 31. Elaine Gomes já havia ficado de fora dos jogos.  

Em 2019, a pivô cearense chegou a ser punida por doping, assim como todo o seu clube na Romênia, o Corona Brasov, por conta de um procedimento indicado pelo médico do clube que era considerado proibido pela Wada (Agência Mundial Antidoping). Após o caso, sem apoio do time romeno, a atleta chegou a voltar para Fortaleza. Em agosto de 2020, ela conseguiu uma suspensão do gancho e teve a oportunidade de tentar conquistar vaga na seleção brasileira novamente. Em janeiro de 2021, ela assinou contrato com o clube espanhol Granollers, onde ficou por pouco tempo. Recentemente, ela assinou por três temporadas com o CS Minaur Baia.