PUBLICIDADE
Mais Esportes
Noticia

Giannis domina, Milwaukee Bucks vence jogo 6 e é campeão da NBA

Grego lidera ataque e defesa contra o Phoenix Suns e Bucks levantam a taça pela primeira vez desde 1971

André Bloc
00:42 | 21/07/2021
Giannis Antetokounmpo marcou 50 pontos no jogo decisivo do título do Milwaukee Bucks sobre o Phoenix Suns (Foto: David Sherman / NBAE / Getty Images via AFP)
Giannis Antetokounmpo marcou 50 pontos no jogo decisivo do título do Milwaukee Bucks sobre o Phoenix Suns (Foto: David Sherman / NBAE / Getty Images via AFP)

O grego Giannis Antetokounmpo fez 50 pontos na vitória do Milwaukee Bucks sobre o Phoenix Suns por 105 a 98 no sexto e decisivo jogo das finais da NBA, maior liga de basquete do mundo. Com o resultado, na madrugada desta quarta-feira, no ginásio Fiserv Forum, a série se encerra com 4 a 2 para o time do Wisconsin.

É o primeiro título da franquia em 50 anos — quando o time liderado por Kareem Abdul-Jabbar conquistou o até ontem único título do time. Para surpresa de ninguém, Giannis — jogador mais valioso das temporadas 2019 e 2020 — foi escolhido o craque das finais.

No jogo decisivo, o grego filho de imigrantes nigerianos que foi jogar nos Estados Unidos antes de aprender a falar inglês fez quase metade dos pontos do Milwaukee, mas também mostrou o talento de outras formas. Na defesa, foram 14 rebotes e cinco tocos. O dado mais surpreendente, porém, foi o dos lances livres. Após uma pós-temporada inconsistente, ele chegou ao jogo 6 com 59% de acerto. O Phoenix apostou em erros do craque... e se deu mal. Giannis foi 19 vezes para a linha de lance livres e acertou 17, com 89,5% de aproveitamento. 

Para a vitória, os Bucks também contaram com a boa noite do reserva Bobby Portis Jr., que incendiou a partida com 16 pontos, a precisão de Khris Middleton, com 17 pontos em 13 arremessos, e o jogo de defesa e ataque de Jrue Holiday, com 11 pontos, 9 rebotes, 11 assistências e 4 roubadas de bola.

Do outro lado, Chris Paul, um dos maiores armadores da história e que, já na reta final da carreira finalmente conseguiu chega a uma final, praticamente jogou sozinho. Foram 26 pontos e 5 assistências. O cestinha do time, o ala-armador Devin Booker, tentou 22 arremessos, mas acertou apenas 8 e terminou com 19 na pontuação.

Com o resultado, o Milwaukee fecha uma virada completa na série, após perder os dois jogos iniciais no Arizona. Os Suns pareciam destinados ao título, com um 118 a 105 e um 118 a 108. A terceira partida, a primeira no Winsconsin, porém, foi o ponto de virada. Giannis e Middleton impuseram um 120 a 100 e mostraram vida. O empate veio com um apertado 109 a 103 para os Bucks em casa.

O ponto decisivo veio no jogo 5, no Arizona. Fora de casa, os Bucks conseguiram roubar o mando de quadra com um 123 a 119 e ficaram a uma vitória do Olimpo. O triunfo veio na madrugada desta quarta-feira.