PUBLICIDADE
Mais Esportes
Noticia

Fórmula 1 anuncia a inclusão do GP de Miami na temporada de 2022

Estados Unidos sediarão duas etapas a partir da próxima temporada. Miami será a 11ª cidade norte-americana a receber a F-1

22:55 | 18/04/2021
Além de Austin, Miami também passa a ser sede de etapa da F1 nos EUA (Foto: Gerard Julien/AFP)
Além de Austin, Miami também passa a ser sede de etapa da F1 nos EUA (Foto: Gerard Julien/AFP)

Os organizadores do Mundial de Fórmula 1 anunciaram neste domingo que o Grande Prêmio de Miami integrará a partir de 2022, e por dez anos, o calendário da categoria. Com esta decisão, os Estados Unidos passam a sediar a partir do próximo anos duas etapas (a outra é em Austin, Texas) da principal categoria do automobilismo mundial, que é controlada desde 2017 pelo grupo americano Liberty Media.

O GP de Miami será disputado em um circuito a ser erguido em Miami Gardens, cerca de trinta quilômetros ao norte da capital do estado da Flórida.

Desde 2012, os Estados Unidos recebem uma prova da F1 em Austin (a próxima prova será em 24 de outubro deste ano), mas os organizadores pretendem popularizar a categoria no país da IndyCar e NASCAR.

O novo circuito da Flórida terá 5,41 km e será construído em torno do Hard Rock Stadium, estádio do time de futebol americano Miami Dolphins, cujo presidente Tom Garfinkel é o promotor local do Grande Prêmio de Fórmula 1.

"A Fórmula 1 e o promotor do grande prêmio trabalharão em estreita colaboração com a comunidade local para garantir ingressos com desconto para os residentes de Miami Gardens", informaram os organizadores da F1.

“Um programa será lançado para apoiar as empresas locais e a comunidade a se beneficiar dos benefícios da corrida”, acrescentou a entidade, numa tentativa de buscar apoio da comunidade local, contrária à construção da pista.

Em uma entrevista em fevereiro, Ian Holmes, diretor de direitos de mídia da Fórmula 1, disse à AFP que o esporte está experimentando um aumento de popularidade nos Estados Unidos, especialmente graças à série de documentários da Netflix "F1: Dirigir para Viver" ("Drive to survival").

Miami será a 11ª cidade americana a receber uma etapa da F1 nos Estados Unidos, depois de Riverside, Sebring, Watkins Glen, Long Beach, Las Vegas, Detroit, Dallas, Phoenix, Indianápolis e Austin.

Em 2021, a F1 tem um calendário recorde com 23 corridas.