PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Realizado em Fortaleza, WBS Wind Foil definiu os campeões da modalidade no Brasil em 2020

O evento marcou a abertura oficial do World Beach Sports 2020 e foi realizado nas praias do Mucuripe e Iracema

Brenno Rebouças
12:59 | 04/11/2020
Disputa no mar durante o WBS Wind Foil (Foto: Lúcio Chaves )
Disputa no mar durante o WBS Wind Foil (Foto: Lúcio Chaves )

Fortaleza foi a capital do windsurf foil no último fim de semana. Os principais competidores da modalidade no Brasil estiveram na capital cearense de sexta a segunda-feira, 2, participar do WBS Brazil Celebrating Wind Foil 2020, realizado nas praias do Mucuripe e de Iracema.

O evento marcou ainda a abertura oficial do World Beach Sports 2020, um multi evento esportivo que tem a finalidade de difundir a cidade de Fortaleza como a capital mundial de esportes na praia.

Estabelecido como nova modalidade olímpica de Vela, no windsurf foil traz como diferença do windsurf de quilha o fato de, mesmo com condições de vento mais leves, a prancha conseguir se elevar na água por sua tecnologia hidrodinâmica. A vela também traz ajustes que a diferencia dos equipamentos mais tradicionais.

Diante do novo, é possível afirmar que WBS Wind Foil realizado em Fortaleza teve peso importante para a primeira safra de velejadores com talento, nível internacional e foco para brigar pela vaga olímpica para as Olimpíadas de Paris em 2024.

Em quatro dias de competição foram realizadas 15 regatas, que permitiam a cada velejador aplicar até 3 descartes. A vitória na geral foi do paulista Mateus Isaac, atual representante brasileiro no circuito mundial, que venceu 14 das 15 regatas realizadas. O melhor cearense classificado foi Gabriel Browne, que ficou em segundo.

No feminino, apenas duas mulheres na água: a pernambucana Bruna Martinelli, atleta da marinha, e a paulista Giovanna Prada, com apenas 19 anos, caçula do grid. As duas estavam estreando no foil já mirando vaga para a Olimpíada de 2024 e fizeram uma excelente prova de evolução ao longo da competição, com Bruna levando a melhor e vencendo a categoria.

Giovanna é filha do atual, e pentacampeão mundial na classe star, Bruno Prada. Medalhista olímpico e ex-atleta da Seleção Brasileira de Vela, Bruno também estava presente. Ele é o técnico de Giovanna e de Mateus Isaac.

Na categoria Gran Master, vitória cearense com Marcilio Browne, pai de Gabriel Browne. Com 60 anos, ele fechou a prova em 5º lugar geral. Na Máster a vitória foi de Marcelo Morrone, de Brasília

As regatas foram transmitidas ao vivo pela internet e acompanhadas por pessoas de todo o Brasil, Fortaleza mostrou, mais uma vez, a vocação natural que possui para esportes de praia.