PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Com Baianinho de Mauá campeão, torneio de sinuca acumula mais de meio milhão de espectadores em live no Youtube

A 1ª Copa Mundo da Sinuca foi vencida por Baianinho de Mauá, que derrotou Felipinho na final

Gabriel Lopes
16:23 | 22/07/2020
Baianinho de Mauá, campeão da 1ª Copa Mundo da Sinuca (Foto: Reprodução/Youtube)
Baianinho de Mauá, campeão da 1ª Copa Mundo da Sinuca (Foto: Reprodução/Youtube)

Prática muito comum em bares pelo Brasil, a sinuca também pode ser fonte de renda e sucesso para algumas pessoas, que dedicam muito tempo para o aprimoramento nesse esporte. Confirmando a popularidade do jogo com taco na mesa verde, a live no Youtube da 1ª Copa Mundo da Sinuca, transmitida na noite desta terça-feira, 21, pelo canal “O mundo da sinuca”, acumulou 582.500 espectadores ao longo das seis horas e 38 minutos de duração da competição, com mais de 50 mil simultâneos no momento de pico. O ex-ajudante de pedreiro de 46 anos Josué Ramalho da Silva, mais conhecido como Baianinho de Mauá, foi o campeão, faturando premiação de R$ 5 mil (entregues em dinheiro vivo), além do troféu do torneio.

A competição foi disputada entre quatro competidores: Baianinho de Mauá, Felipinho, João Paulo Gladiador e Maycon de Teixeira de Freitas. Felipinho enfrentou Gladiador na primeira semifinal, enquanto Baianinho teve Maycon como oponente na segunda partida.

No primeiro jogo do torneio, Felipinho derrotou Maycon de Teixeira de Freitas por 7 a 6 e garantiu presença na final. Na segunda semifinal, Baianinho passou com sobras por Gladiador, vencendo por 7 a 2.

A final, entre Baianinho e Felipinho, teve muita emoção e só foi decidida na última bola. Com a partida empatada por 9 a 9, Felipe venceria se encaçapasse sua última bola. Contudo, ele desperdiçou a oportunidade, algo que Baianinho não perdoou, pois encaçapou na chance que teve e se consagrou campeão.

+Baianinho de Mauá: cinco das melhores partidas de sinuca do jogador

Baianinho de Mauá falou após o título. “Quem me faz ganhar são vocês, meus fãs. Quando o cara ganha, é porque mereceu ganhar. Ser campeão no meio dessa galera nova é importante, tudo matando muito bem. E o coroa no meio deles, dando trabalho”, disse.

O jogador de sinuca, natural de Paulo Afonso, na Bahia, cobra taxa mínima de R$ 3 mil para participar de competições da modalidade. Ele foi para São Paulo com 17 anos, e desde os 19 ele se sustenta a partir do esporte. Rui Chapéu, considerado o maior nome da sinuca no Brasil, falecido em fevereiro deste ano, chegou a dizer que Baianinho era o melhor jogador da atualidade.

Baianinho, em entrevista ao jornal A Gazeta, do Espírito Santo, disse que joga entre três e quatro partidas de exibição por final de semana. Suas viagens para os locais são feitas de carro, pois ele diz não gostar de avião.