PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Carcará reage no último período, mas perde para o Flamengo por 78 a 71

Com o resultado, o Cearense encerra a turnê de quatro jogos fora de casa com três derrotas

22:20 | 03/02/2020
Dannyel Russo, técnico do Basquete Cearense
Dannyel Russo, técnico do Basquete Cearense (Foto: Stephan Eilert / Basquete Cearense)

Três dias, dois jogos no Rio de Janeiro, duas derrotas. A trajetória do Basquete Cearense no NBB 2019/2020 segue dura. Após perder por 86 a 72 para o Botafogo no sábado, o Carcará encarou o líder Flamengo em Jacarepaguá e até conseguiu equilibrar o placar, mas saiu com o revés por 78 a 71.

Com o resultado, o Cearense encerra a turnê de quatro jogos fora de casa com três derrotas (Fla, Fogo e Mogi) e uma vitória (São José). O Carcará segue na 14ª colocação, com 4 vitórias e agora 17 derrotas. Já o Rubro-Negro venceu 16 e perdeu apenas 3 — tem dois triunfos a mais que o vice-líder Franca.

Apesar da margem apertada, de apenas sete pontos, a partida só passou a ser equilibrada no quarto final. O Carcará só liderou após a primeira cesta da partida — bola de três de Alex —, sendo dominado nas três primeiras parciais.

A reação tardia veio quando a vantagem do Fla era de 20 pontos, quando faltavam apenas 8min40seg de jogo. A 46 segundos do fim, porém, a margem era de apenas quatro pontos. Foram 28 pontos no quarto, sendo 10 de Brite e 7 de Rashaun e um ótimo aproveitamento de 62%. Mas era tarde demais. Balbi fez os demais pontos, fechando o jogo em 78 a 71.

O cestinha do jogo foi o ala Jhonatan, com 23 pontos. Demétrio pegou 10 rebotes e o Balbi distribuiu 8 assistências. Já do lado do Basquete Cearenses, os destaques foram Brite (16 pontos), Vinícius (7 rebotes) e Brite (9 assistências — igualando recorde pessoal da carreira).

Ainda na briga para entrar no G12 e conquistar vagas nas oitavas de final, o Basquete Cearense volta a Fortaleza para sequência de dois jogos consecutivos em casa. O primeiro é na próxima sexta-feira, 7, diante do Franca, vice-líder do NBB 2019/2020, às 21 horas no ginásio do Centro de Fortaleza Olímpica (CFO). Na sexta seguinte, às 20 horas, o Carcará recebe o Bauru.