PUBLICIDADE
Mais Esportes
NOTÍCIA

Kobe Bryant morre em acidente aéreo

Helicóptero particular do ex-jogador caiu em Calabasas, na Califórnia. Acidente também vitimou sua filha e outras sete pessoas

16:52 | 26/01/2020
Kobe Bryant morreu aos 41 e deixou um legado no esporte
Kobe Bryant morreu aos 41 e deixou um legado no esporte (Foto: AFP)

Atualizado às 21h30min

A lenda do basquete Kobe Bryant morreu neste domingo (26), vítima de um acidente de helicóptero nos arredores de Los Angeles. Segundo informações da ESPN, a filha de Kobe, Gianna, de 13 anos, também foi vitimada. O voo seguia para a cidade de Newbury Park, onde Gianna, que estava iniciando a carreira como jogadora de basquete, participaria de uma partida. Outras sete pessoas morreram na queda.

O acidente aconteceu poucas horas depois da ex-estrela do Los Angeles Lakers, de 41 anos, felicitar nas redes sociais o atual astro da equipe californiana LeBron James por tê-lo ultrapassado e assumido o terceiro lugar na lista de maiores pontuadores da história da NBA, no sábado durante uma partida contra o Philadelphia 76ers. Bryant é o quarto maior cestinha da história da liga, com 33.644 pontos.

O site TMZ, de notícias de celebridades, foi o primeiro a noticiar o acidente, chegando a informar que havia cinco vítimas na aeronave. A informação foi depois corrigida pelas autoridades locais de salvamento.

O ex-jogador marcou história com a camisa do Los Angeles Lakers por 20 temporadas. Estreou na NBA aos 18 anos, tendo sido campeão da liga em cinco oportunidades: 2000, 2001, 2002, 2009 e 2010. Pela seleção norte-americana, ganhou a medalha de ouro olímpica duas vezes, em 2008 e 2012.

O acidente ocorreu pouco antes da abertura da rodada deste domingo dos jogos da NBA, com homenagens acontecendo ao início de jogos como o entre Denver Nuggets e Houston Rockets e a partida de Toronto Raptors contra San Antonio Spurs. O site oficial da liga de basquete decretou luto em seguida à confirmação da morte.

Clique na imagem para abrir a galeria

Além de estrela do esporte, Kobe Bryan foi contemplado com o Oscar, em 2018, pelo curta-metragem de animação "Dear Basketball". O próprio jogador idealizou a obra e fez a narração do curta, elaborado a partir de um poema escrito por ele na época em que resolveu encerrar a carreira.

Homenagens

Personalidades e fãs se solidarizaram pela internet e prestaram homenagens ao ex-jogador. A NBA destacou os feitos da carreira de Kobe e prestou condolências à família.

 

O futebolista brasileiro Neymar, do Paris Saint Germain, homenageou Kobe ao marcar seu segundo gol contra o Lille, pelo Campeonato Francês. O jogador fez um dois e um quatro com os dedos, remetendo à camisa 24 pela qual Bryant ficou conhecido nos Lakers.

Leia mais: Neymar faz 2 e homenageia Kobe Bryant em vitória do PSG

Kareem Abdul-Jabbar, considerado um dos maiores jogadores dos Lakers, publicou vídeo em que classifica Bryant como "muito mais que um atleta".

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, considerou a morte do ex-jogador como "uma notícia terrível". Kobe era opositor do presidente, tendo afirmado que ele cria "divisão e raiva" e que não seria capaz de "fazer a América grande novamente", em referência ao slogan de campanha de Trump.

 

No Staples Center, estádio dos Los Angeles Lakers, centenas de fãs se aglomeraram para prestar homenagem a Kobe Bryant. O local recebe, esta noite, a cerimônia do Grammy, e está com os arredores interditados, o que não impediu a multidão de iniciar um memorial ao ex-jogador.

 

Com informações Agência Brasil.