PUBLICIDADE
Mais Esportes
BASQUETE

Betinho reencontra Carcará após passagem marcante: "Aqui foi um lugar onde fui muito feliz"

Ala atuará pelo Pinheiros contra o Basquete Cearense nesta quinta-feira, 14, às 20 horas, no Centro de Formação Olímpica. Partida é válida pelo Novo Basquete Brasil (NBB)

16:37 | 14/03/2019
Betinho em ação pelo Pinheiros (Foto: Guilherme Borges)
Betinho em ação pelo Pinheiros (Foto: Guilherme Borges)

Destaque do time, decisivo no playoff e passagem marcante. Após o fim da temporada 2017/2018, quando ajudou o Basquete Cearense a avançar pela primeira vez às quartas de final do Novo Basquete Brasil (NBB), Betinho, 30 anos, deixou o clube para acertar com o Pinheiros, de São Paulo.

Quase um ano depois, o ala, que tem carinho especial pela cidade de Fortaleza e o Basquete Cearense, retorno à Capital cearense para enfrentar o ex-clube. O Carcará encara o Pinheiros nesta quinta-feira, 14, às 20 horas, no Centro de Formação Olímpica. "Aqui foi um lugar onde fui muito feliz, tive momentos marcantes e que vou guardar pra sempre! Na verdade estou muito feliz em voltar e rever a cidade e a torcida, os amigos que fiz por aqui. Vai ser um jogo bastante especial pra mim", afirmou o pauslita de 1m91.

Na temporada passada, Betinho viveu um dos melhores momentos da carreira vestindo a camisa do Carcará. Mesmo a distância, o atleta ainda mantém laços com ex-companheiros de time e torcedores do Basquete Cearense.

"Foram momentos únicos, momentos memoráveis. Jamais vou esquecer o jeito que fui recebido e o carinho que recebo até hoje dos torcedores. Quando partimos para outro time e ainda sim somos tratados com tanto carinho é que fizemos alguma coisa muito boa! A temporada aqui foi um marco e profissionalmente foi uma reafirmação que posso ser um jogador decisivo em grandes jogos e jogos de grande pressão", comentou.

A campanha de 2017/2018 marcou a história da equipe cearense. A classificação para os playoffs ocorreu com a pior colocação, 10º. Após chegar às oitavas, o Carcará fez uma série de quatro duelos emocionantes contra o Pinheiros, vencendo três e avançando pela primeira vez às quartas.

"Eu creio que o fator decisivo pro nosso resultado do ano passado foi a união do elenco, um querendo ajudar o outro a todo momento", explicou Betinho.

"Pessoas de fora ou de outros times comentavam que era muito legal de nos ver jogando, porque não interessava quem fazia a cesta ou dava toco ou qualquer outra coisa, todos do banco pulavam e vibravam o tempo todo", completou ele com carinho.

Em sintonia com os torcedores, o ala ressalta o apoio das arquibancadas para o resultado do Carcará. "Nos abraçou de tal forma a colocar mais de 8 mil pessoas no ginásio em todos os jogos dos playoffs. Foi incrível, uma coisa que até hoje assisto alguns vídeos e me arrepio de lembrar aqueles momentos!"

Carcará já está garantido nas oitavas de final, restando três jogos para o fim da fase classificatória. Os cearenses ocupam a 11ª colocação com 31 pontos. O Pinheiros, classificado também, faz ótima campanha e é o vice-líder com 42 pontos.

Lucas Mota