Na Renault, Ricciardo admite que não sentirá falta do chefão da RBRMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Na Renault, Ricciardo admite que não sentirá falta do chefão da RBR

Depois de cinco temporadas na Red Bull, Daniel Ricciardo decidiu mudar de equipe na Fórmula 1, e a partir da próxima temporada correrá pela Renault. Especula-se que um dos principais motivos da saída do australiano tenha sido a difícil convivência com o chefão da RBR, Helmut Marko, e o piloto admitiu que não terá saudades [?]

10:00 | 09/12/2018

Depois de cinco temporadas na Red Bull, Daniel Ricciardo decidiu mudar de equipe na Fórmula 1, e a partir da próxima temporada correrá pela Renault. Especula-se que um dos principais motivos da saída do australiano tenha sido a difícil convivência com o chefão da RBR, Helmut Marko, e o piloto admitiu que não terá saudades do mandatário.

Ricciardo lembrou da rigidez de Marko, e também brincou dizendo que não terá saudades das atividades que a Red Bull costuma promover durante o inverno, muitas vezes na neve.

?As chamadas de Helmut Marko depois de ter uma corrida ruim. É disso que vou sentir menos falta. Isso e todas as atividades da equipe no frio?, disse.

Por outro lado, o australiano citou também quais são os pontos negativos de sua saída, dizendo que sentirá falta de todo o apoio e respaldo que recebeu pela equipe desde o início de sua trajetória.

?A Red Bull é, naturalmente, um fenômeno mundial e com os contatos necessários. Agora você pode ir a algum lugar e você sabe que vai entrar e que tudo será arranjado para você. Acho que vou sentir falta disso?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS