Com quatro homenageados, COB inaugura Hall da FamaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Com quatro homenageados, COB inaugura Hall da Fama

18:45 | 18/12/2018
NULL
NULL

[FOTO1] A noite desta terça-feira foi especial para o esporte olímpico brasileiro. Antes do início do Prêmio Brasil Olímpico, que condecora os melhores do ano, o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) inaugurou o seu Hall da Fama com os primeiros quatro homenageados.

São eles: Torben Grael (vela), dono de cinco medalhas olímpicas; a dupla Sandra Pires e Jackie Silva (vôlei de praia), primeiras mulheres brasileiras a ganharem ouro nos Jogos; e Vanderlei Cordeiro de Lima (atletismo), único brasileiro a receber a medalha Pierre de Coubertin, maior honraria do Comitê Olímpico Internacional.

Haverá um mural no Parque Aquático Maria Lenk onde os moldes das mãos ou pés dos homenageados ficarão disponíveis à visitação e os homenageados ganharão também um espaço para seus perfis e conquistas no site do COB.

“Fico muito feliz em fazer parte do Hall da Fama. É um reconhecimento muito grande por parte do COB. Poder fazer parte desse seleto grupo me deixa muito feliz. Tenho que agradecer a Deus, ao esporte e ao COB por fazer isso por mim e pelos outros atletas”, disse Vanderlei Cordeiro de Lima, o primeiro a eternizar seus pés.

“É fantástico ser homenageada. O esporte me preparou para a vida e sou muito agradecida a ele. Espero que a minha história e dos demais homenageados possa servir de inspiração para as novas gerações e desperte nos jovens atletas o desejo de também chegarem ao Hall da Fama do COB um dia”, destacou Sandra Pires.

A homenagem será feita anualmente a personagens que contribuíram e promoveram o esporte olímpico brasileiro. Para tanto, há alguns critérios:

-O atleta deve ter, no mínimo, cinco anos de aposentadoria e ter participações relevantes em Jogos Pan-Americanos ou Olímpicos;

– Os técnicos devem ter, no mínimo, 10 anos atuando no alto rendimento e ter contribuído para participações relevantes em Jogos Pan-Americanos ou Olímpicos;

– Ter promovido o olimpismo, vivenciando ao longo da carreira os valores olímpicos de respeito, coragem, igualdade, determinação, superação e busca por excelência, servindo de inspiração para as novas gerações.


Gazeta Esportiva

TAGS