Soares e Murray sofrem, mas estreiam com vitória no ATP FinalsMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Soares e Murray sofrem, mas estreiam com vitória no ATP Finals

Vindo de duas eliminações consecutivas em estreias, Bruno Soares e Jamie Murray se recuperaram e largaram com vitória no ATP Finals. Abrindo os trabalhos da última competição do circuito da ATP, os brasileiro e o britânico tiveram dificuldades, mas superaram o sul-africano Raven Klaasen e com o neozelandês Michael Venus por 2 sets a 1, com [?]

13:15 | 11/11/2018

Vindo de duas eliminações consecutivas em estreias, Bruno Soares e Jamie Murray se recuperaram e largaram com vitória no ATP Finals. Abrindo os trabalhos da última competição do circuito da ATP, os brasileiro e o britânico tiveram dificuldades, mas superaram o sul-africano Raven Klaasen e com o neozelandês Michael Venus por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7-5), 4/6 e 10-5.

Com o resultado, Soares e Murray lideram provisoriamente o grupo Llodra/Santoro.O próximo jogo da dupla é nesta terça-feira, diante os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, cabeças de chave 2 da competição. O croata Nikola Mektic com o austríaco Alexander Peya completam o grupo.

O jogo começou complicado para Soares e Murray, que cederam seu serviço logo no game inaugural. Eles chegaram a ter duas chances de devolver a quebra no game seguinte, mas não aproveitaram e viram os adversários abrirem 3 a 1. O brasileiro e o britânico, porém, não desistiram e foram buscar o resultado, conseguindo o break no décimo game e forçando o tie-break.

No desempate, apenas um mini-break. Com o jogo empatado em 5 a 5, Klaasen e Venus cederam o saque, deixando os adversários fazerem 6 a 5 e sacar para o set. Soares e Murray confirmaram o ponto e fecharam a primeira parcial.

Mais uma vez, a parceria mineiro-britânica teve um início de set complicado, sofrendo a quebra no segundo game. Desta vez, porém, eles conseguiram devolver o break logo no game seguinte, deixando tudo igual em Londres. No entanto, como o jogo em 5 a 4 para o sul-africano e o neozelandês, Soares e Murray cederam seu serviço e os adversários fecharam a parcial, seguindo vivos na partida.

No match-tiebreak, a história foi diferente e quem cedeu a quebra logo de cara foram Klaasen e Venus. Na sequência, foram cinco quebras consecutivas, três a favor de Soares e Murray, que se impuseram e decretaram o triunfo.

Gazeta Esportiva

TAGS