Invicto, Vinicius Figueira avança para final do Mundial de CaratêMais Esportes | Esportes O POVO 

PUBLICIDADE
Esportes


Invicto, Vinicius Figueira avança para final do Mundial de Caratê

O Brasil está na final do Mundial de Caratê. Nesta quarta-feira, o vice-líder do ranking da categoria até 67kg, Vinicius Figueira, confirmou sua classificação para a decisão do torneio realizado em Madri, na Espanha. Com seis vitórias em seis lutas, o brasileiro garantiu uma vaga, confirmou o favoritismo e garantiu um lugar na disputa do [?]

13:15 | 07/11/2018

O Brasil está na final do Mundial de Caratê. Nesta quarta-feira, o vice-líder do ranking da categoria até 67kg, Vinicius Figueira, confirmou sua classificação para a decisão do torneio realizado em Madri, na Espanha. Com seis vitórias em seis lutas, o brasileiro garantiu uma vaga, confirmou o favoritismo e garantiu um lugar na disputa do ouro, que será no próximo sábado.

Com um bronze no Mundial de 2014, Vinicius era considerado um dos favoritos e fez valer o posto no ranking da categoria ao longo de suas lutas. Na estreia, apesar do sofrimento e das dificuldades impostas pelo belga Jess Rosielo, o carateca brasileiro conseguiu avançar com um triunfo por 1 a 0. Depois, passou por 2 a 0 sobre o polonês Milosz Sabiecki.

Na terceira rodada, contra o húngaro Martial Tadisse, Figueira conseguiu fazer valer sua boa defesa para, com um chute na cabeça do adversário, confirmar o triunfo por 4 a 0. No duelo dos 16 melhores, o adversário da vez foi o egípcio Ali Alsawy e a vitória foi por 2 a 1, de virada, com direito a revisão de um golpe pelo vídeo.

Nas quartas de final, o brasileiro se colocou frente a frente com Rahman Almasafta, da Jordânia, e conseguiu um triunfo suado. Nesta quarta, na semi, Vinicius superou o chileno Camilo Velozo por 3 a 1, coroado com um chute na cabeça do rival.

Quem não teve o mesmo sucesso que o carateca foi Valéria Kumizaki, atual vice-campeã mundial, que perdeu na primeira luta da categoria até 55kgpara a sérvia Duma Dirmis. Após um 0x0, os árbitros deram a vitória para a rival. Na categoria até 75kg, Williams Quirino perdeu na primeira rodada, enquanto Stefani Lima venceu na estreia, mas caiu na segunda luta diante da jordaniana Assel Alnaimi.

Gazeta Esportiva

TAGS