F1 confirma Pirelli como fornecedora de pneus até 2023Mais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


F1 confirma Pirelli como fornecedora de pneus até 2023

Neste domingo, no dia do último Grande Prêmio da temporada de 2018, em Abu Dhabi, a Fórmula 1 confirmou que a atual fornecedora de pneus, a Pirelli, seguirá como fornecedora única da categoria até 2023. A marca, que atua na elite do automobilismo desde 2011, superou a concorrência da Hankook para o posto após a [?]

16:00 | 25/11/2018

Neste domingo, no dia do último Grande Prêmio da temporada de 2018, em Abu Dhabi, a Fórmula 1 confirmou que a atual fornecedora de pneus, a Pirelli, seguirá como fornecedora única da categoria até 2023. A marca, que atua na elite do automobilismo desde 2011, superou a concorrência da Hankook para o posto após a temporada de 2019.

â??A Pirelli tem sido uma importante e valiosa parceira da F1 desde 2011. Ã? uma marca premium, uma líder global no automobilismo, e nossa duradoura parceria com eles mostra mais uma vez nosso desejo de alinhar a F1 com o melhor do esporte a motor e além. Estamos satisfeitos por termos chegado a este acordo, o que garante um futuro estável de longo prazo para um componente tão crucial para a F1â?³, destacou o presidente e diretor executivo da categoria, Chase Carey.

Hamilton vence em Abu Dhabi e fecha temporada com chave de ouro

O vice-presidente e diretor executivo da Pirelli, Marco Tronchetti Povera, também celebrou a extensão da parceria: â??Ã? uma excelente notícia que a Pirelli esteja prolongando sua parceria com a F1 até 2023. Este novo acordo prolonga nossa parceria para um total de 13 temporadas na era moderna, sendo que a Pirelli também estava presente em 1950, quando o campeonato foi inaugurado. A F1 é e continuará sendo o topo do esporte motorizado e é o ambiente perfeito para a Pirelli, que sempre definiu o automobilismo como sua mais avançada pesquisa tecnológica e laboratório de desenvolvimentoâ?, exaltou.

Vale lembrar que a antiga fornecedora Michelin descartou a candidatura e que a partir de 2021, a F1 passará a usar rodas aro 18 e irá banir os cobertores térmicos. Assim, a Pirelli terá que produzir compostos semelhantes com os atuais no primeiro ano do novo contrato e outros novos do segundo ano em diante.

Gazeta Esportiva

TAGS