Entrevista concedida por Schumacher dias antes de acidente é divulgadaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Entrevista concedida por Schumacher dias antes de acidente é divulgada

A família de Michael Schumacher divulgou uma entrevista inédita do heptacampeão mundial de Fórmula 1 nesta quarta-feira. As perguntas, elaboradas por fãs, foram direcionadas ao alemão dias antes do acidente sofrido em dezembro de 2013 em que o deixou em estado de saúde delicado. O questionamento mais recorrente foi qual o título da F1 o [?]

18:45 | 21/11/2018

A família de Michael Schumacher divulgou uma entrevista inédita do heptacampeão mundial de Fórmula 1 nesta quarta-feira. As perguntas, elaboradas por fãs, foram direcionadas ao alemão dias antes do acidente sofrido em dezembro de 2013 em que o deixou em estado de saúde delicado.

O questionamento mais recorrente foi qual o título da F1 o ex-piloto considera o mais importante. A resposta de Schumacher foi o de 2000, o primeiro conquistado na Ferrari. ?A corrida mais emocionante foi Suzuka, em 2000, com Ferrari. Depois de não ter conseguido o título durante quatro anos e que a Ferrari estivesse há 21 anos sem conquistá-lo, vencemos a carreira e o Mundial?, disse.

Recordista de conquistas na categoria, o alemão disse que nunca perdeu a vontade de vencer, trabalhando cada vez mais para melhorar. ?Os recordes são uma coisa, e as dúvidas acredito que são muito importantes para você não ter uma confiança muito grande, para ser cético e buscar melhorar e dar o passo seguinte. Sempre pensei: Não sou muito bom. Tenho de trabalhar mais?, afirmou.

O ex-piloto ainda refletiu que aprendeu um pouco com cada piloto. ?Você não tem apenas que olhar para o carro, tem de olhar para si mesmo, para os outros pilotos, tem de olhar para todo mundo. Assim como eu fiz, porque todo mundo tem algo especial que eu quero conhecer?, analisou.

Por fim, Schumacher destacou a importância do kart na formação dos pilotos e exaltou Ayrton Senna. ?O talento é muito importante no automobilismo, como em qualquer outro esporte, mas é algo que se precisa trabalhar. O kart é uma boa base para mostrar o talento, mas também para encontrar outras habilidades necessárias para ser piloto?, disse.

?Quando era criança e praticava kart, sim, vi Ayrton Senna e Vincenzo Sospiri, que admirava porque para ser um bom piloto. Mas o meu ídolo era Toni Schumacher, porque era um grande jogador de futebol?, completou.

Em 3 de janeiro, Schumacher completa 50 anos. Corinna Betsch, esposa do piloto, disse que ele ainda luta pela vida. ?Todos nós sabemos que o Michael é um lutador e jamais desistiremos dele?, declarou.

Gazeta Esportiva

TAGS