Danielle Scott deve receber alta na quinta após ser esfaqueadaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Danielle Scott deve receber alta na quinta após ser esfaqueada

Danielle Scott, duas vezes medalhista de prata em Jogos Olímpicos com os Estados Unidos, irá receber alta nesta quarta-feira ou na quinta-feira após levar duas facadas na mão e duas no braço na noite do último domingo, em Baton Rouge, na Louisiana, confirmou Eduardo Arruda ?Pezão?, ex-jogador de vôlei e ex-marido da americana, em entrevista [?]

16:15 | 21/11/2018

Danielle Scott, duas vezes medalhista de prata em Jogos Olímpicos com os Estados Unidos, irá receber alta nesta quarta-feira ou na quinta-feira após levar duas facadas na mão e duas no braço na noite do último domingo, em Baton Rouge, na Louisiana, confirmou Eduardo Arruda ?Pezão?, ex-jogador de vôlei e ex-marido da americana, em entrevista à Gazeta Esportiva. Seguindo o padrão de segurança local, ela conta com policiais em seu quarto para protegê-la.

A ex-atleta de 46 anos foi esfaqueada em ataque do seu cunhado, Michael Vallery. Ele assassinou a irmã da vice-campeã olímpica, Stefanie Vallery, e ainda feriu sua sobrinha, que também se chama Danielle Scott, em crime passional.

Segundo Pezão, que está indo para os Estados Unidos para apoiar sua ex-esposa e amiga, a sobrinha de Danielle Scott deverá ficar mais uma semana internada. A grande preocupação dele, dos familiares da ex-atleta e das pessoas próximas é o trauma de ela ter visto sua irmã ter sido assassinada.

A filha dos dois estava na escola no momento do incidente, está com a família do pai da multicampeã americana e não sabe o que aconteceu com sua mãe. Eduardo Arruda, que ainda tem voz ativa na família, sugere que Dani venha morar no Brasil, onde fez grande parte da sua carreira, por um tempo, pelo menos, até Michael ser preso como parte do tratamento após o trauma. Ele ainda opinou que, pelo rigor da lei no estado da Louisiana, acredita que o cunhado de Scott deverá receber pena de morte se for preso.

O ano para a vice-campeã olímpica não vem sendo fácil. Vítima de uma enchente que destruiu sua casa em 2016, Danielle Scott só recebeu sua nova casa do seguro, que fez toda perícia para saber o valor total do reembolso, no começo deste ano.

Gazeta Esportiva

TAGS