Zverev rasga elogios a Federer e diz que suíço é um ser humano maravilhosoMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Zverev rasga elogios a Federer e diz que suíço é um ser humano maravilhoso

Um dos grande talentos do tênis na atualidade, Alexander Zverev terá corroborado no ATP da Basileia seu bom rendimento recente, onde será o segundo tenista mais bem cotado do chaveamento. E jogando em solo suíço, a expectativa do jovem é justamente enfrentar o anfitrião Roger Federer em uma eventual decisão, alguém que o alemão considera [?]

12:00 | 23/10/2018

Um dos grande talentos do tênis na atualidade, Alexander Zverev terá corroborado no ATP da Basileia seu bom rendimento recente, onde será o segundo tenista mais bem cotado do chaveamento. E jogando em solo suíço, a expectativa do jovem é justamente enfrentar o anfitrião Roger Federer em uma eventual decisão, alguém que o alemão considera ?um ser humano maravilhoso?.

Em entrevista ao BzBasel, Zverev reverenciou Federer e rasgou elogios a um dos maiores nomes da história do tênis mundial. O alemão, inclusive, revelou a proximidade entre os dois para conversas e dicas que vão muito além das quadras e das raquetes.

?Nosso relacionamento é incrivelmente próximo. Passamos muito tempo juntos mesmo fora das quadras e gostamos de conversar um com o outro não apenas sobre o tênis, mas sobre a vida. Todos conhecemos Federer como uma grande lenda do tênis e um dos melhores atletas do mundo, mas além disso ele é um ser humano maravilhoso. Eu nunca joguei contra ele na Basileia e espero que isso possa mudar nesta semana?, disse Zverev.

Apesar do grande talento, o tenista alemão tem encontrado dificuldades nos Slams e passou a ser questionado sobre a pressão que existe pelos nomes históricos de sua modalidade no país. Ainda assim, Zverev se defendeu e analisou sua trajetória para explicar momentos de oscilação. ?Não tem nada a ver com o fato de termos grandes jogadores na Alemanha no passado, com Boris (Becker) ou Steffi (Graf). Esquecem que eu tenho apenas 21 anos e ainda tenho um longo caminho a percorrer?, explicou.

?Ainda estamos na fase de ?lua de mel?. No momento ainda é tudo maravilhoso e o escolhi justamente para conseguir evoluir no meu jogo. Ele já demonstrou suas habilidades como treinador com Andy Murray. Meu pai e Ivan já se conheciam e a relação está funcionando perfeitamente?, finalizou Zverev falando sobre o treinador Ivan Lendl.

Gazeta Esportiva

TAGS