Covas promete esforço para manter Interlagos na F1 mesmo com privatizaçãoMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Covas promete esforço para manter Interlagos na F1 mesmo com privatização

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, garantiu nesta quarta-feira que irá trabalhar para manter o Brasil no calendário do Mundial de Fórmula 1. O objetivo é renovar o contrato com o Liberty Media, grupo proprietário da categoria, independentemente do projeto de privatização do autódromo de Interlagos ? uma bandeira de João Doria, ex-chefe do [?]

14:45 | 31/10/2018

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, garantiu nesta quarta-feira que irá trabalhar para manter o Brasil no calendário do Mundial de Fórmula 1. O objetivo é renovar o contrato com o Liberty Media, grupo proprietário da categoria, independentemente do projeto de privatização do autódromo de Interlagos ? uma bandeira de João Doria, ex-chefe do executivo paulistano. O vínculo atual é válido até 2020.

?O projeto já foi enviado à Câmara de São Paulo. Estamos aguardando a liberação dos vereadores. Mas, enquanto isso, a Prefeitura vai fazer o que tiver ao seu alcance para ter o GP em Interlagos?, afirmou Covas, em entrevista coletiva, em Interlagos.

Em novembro passado, ainda sob a gestão Doria, a privatização do Autódromo José Carlos Passe passou na Câmara com ampla margem favorável. No entanto, para consolidar a desestatização do complexo, a Prefeitura agora precisa da aprovação pelos vereadores do Projeto de Intervenção Urbana (PIU) de Jurubatuba.

?O PIU estabelece o que pode e o que não pode ser construído aqui. Se deve ou não manter o autódromo. Ele estabelece a regra do jogo. A partir daí a gente avança na discussão?, elucidou o prefeito, que prosseguiu.

?O nosso interesse é, passando o GP deste ano, começar a discussão da renovação do contrato. Há um projeto de privatização, mas não vamos esperar para tomar a iniciativa. Vamos fazer a tratativa para o contrato ser renovado. O projeto a ser discutido na Câmara não vai limitar a Prefeitura a dar sequência nas suas tratativas?, assegurou.

Não há um prazo, contudo, para o projeto ser votado na Câmara. ?Por mim já teria sido aprovado, mas a Prefeitura não manda na Câmara. A pauta é definida pelos vereadores?, explicou Covas, que conta com a ajuda do governador de São Paulo eleito no último domingo.?Vamos poder avançar ainda mais neste processo de desestatização. Ele vai ser nosso parceiro?, afirmou.

Com 358 pontos, o britânico Lewis Hamilton se tornou pentacampeão mundial de F1 no último domingo, no México, a três etapas do fim da competição. O GP Brasil de Fórmula acontece de 9 a 11 de novembro, em Interlagos, São Paulo.

Gazeta Esportiva

TAGS