Hamilton abre 30 pontos, mas Vettel afirma: ?Não é o fim do mundo?Mais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Hamilton abre 30 pontos, mas Vettel afirma: ?Não é o fim do mundo?

Sebastian Vettel precisou fazer uma corrida de recuperação no GP da Itália. Apesar de ter terminado a prova na quarta colocação, o alemão viu Lewis Hamilton abrir 30 pontos de vantagem. O piloto da Ferrari se mostrou otimista mesmo após ter visto seu adversário aumentar a diferença de pontos. ?Obviamente não ajuda quando você perde [?]

13:30 | 02/09/2018

Sebastian Vettel precisou fazer uma corrida de recuperação no GP da Itália. Apesar de ter terminado a prova na quarta colocação, o alemão viu Lewis Hamilton abrir 30 pontos de vantagem. O piloto da Ferrari se mostrou otimista mesmo após ter visto seu adversário aumentar a diferença de pontos.

?Obviamente não ajuda quando você perde pontos, mas não é o fim do mundo?, afirmou o tetracampeão mundial. ?Nós ainda acordaremos amanhã de manhã. Com certeza estou para baixo no momento, mas na maior parte pelas pessoas que vieram (nos apoiar)?.

?Não estou muito preocupado. Acho que temos o ritmo. Os pontos parecem ser muitos, mas, na verdade, não leva muito tempo para diminuí-los?, completou Sebastian Vettel, que está com 226 pontos.

Além disso, o alemão comentou a incidente com Lewis Hamilton logo no começo da corrida, que fez ele rodar e ficar na última posição.

?Acho que vocês têm mais ângulos que eu para ver. Tentei passar Kimi, mas ele aliviou o freio e eu não tive a diferença. Não queria tentar fazer algo bobo. Então, fiquei fora e Lewis viu a brecha para tentar ir por fora?, afirmou. ?Ele não me deixou nenhum espaço e eu não tive chance a não ser colidir com ele e fazer contato. Tentei sair dali, mas não consegui. Infelizmente, fui eu que rodei, o que é um pouco irônico?.

Gazeta Esportiva

TAGS