Em crise, Boca Juniors perde Benedetto para duelo contra o CruzeiroMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Em crise, Boca Juniors perde Benedetto para duelo contra o Cruzeiro

Vivendo um momento conturbado, o Boca Juniors terá um desfalque importante para o duelo de volta da semifinal da Copa Libertadores, diante do Cruzeiro, às 21h45 (de Brasília) da próxima quinta-feira, no Mineirão. O atacante Benedetto passou por exames neste sábado e teve uma distensão no bíceps femoral da coxa direita confirmada. Assim, o time argentino não [?]

20:15 | 29/09/2018

Vivendo um momento conturbado, o Boca Juniors terá um desfalque importante para o duelo de volta da semifinal da Copa Libertadores, diante do Cruzeiro, às 21h45 (de Brasília) da próxima quinta-feira, no Mineirão. O atacante Benedetto passou por exames neste sábado e teve uma distensão no bíceps femoral da coxa direita confirmada.

Assim, o time argentino não contará com seu principal homem de frente para o duelo decisivo. A vaga deverá ficar com Carlos Tévez, conhecido do torcedor brasileiro e atual reserva da equipe comandada por Guillermo Barros Schelotto. O treinador, inclusive, esteve na corda bamba durante a semana, segunda a imprensa local, com as recentes derrotas.

Na última quinta-feira, o Boca Juniors perdeu para o Gimnasia La Plata por 1 a 0 e acabou eliminado da Copa da Argentina nas oitavas de final. Na ocasião, Benedetto foi substituído logo aos 12 minutos de partida após sentir a contusão.

No entanto, o momento conturbado dos xeneizes não começou nesse jogo. No domingo, o time teve atuação decepcionante e foi controlado pelo arquirrival River Plate durante boa parte do duelo, que terminou com vitória dos Millonarios em plena Bombonera por 2 a 0, pelo Campeonato Argentino.

As duas derrotas fizeram com que o presidente do clube, Daniel Angelici, viesse à público para cornetar Schelotto. ?Faz tempo que não via o Boca jogar tão mal?, disse o dirigente após a eliminação para Gimnasia o La Plata. No entanto, o mandatário garantiu o comandante até o final do ano. ?Guillermo não vai sair de nenhuma maneira. Avaliaremos o trabalho da comissão técnica em dezembro?, afirmou.

Para amenizar a crise, o Boca Juniors enfrenta o Colón, neste domingo, na Bombonera, com a equipe reserva, pelo Campeonato Argentino, onde a equipe ocupa a sexta colocação.

Gazeta Esportiva

TAGS