Com treino instável, Vettel acredita que ainda precisa evoluirMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Com treino instável, Vettel acredita que ainda precisa evoluir

Depois de liderar a primeira parte da sessão dessa sexta-feira, Sebastian Vettel viu sua alegria acabar com o bom desempenho do britânico Lewis Hamilton, que o deixou 0s199 atrás no segundo treino em solos russos. Isso porque, além de não conseguir começar o final de semana como gostaria ele ainda tem 40 pontos a menos [?]

16:30 | 28/09/2018

Depois de liderar a primeira parte da sessão dessa sexta-feira, Sebastian Vettel viu sua alegria acabar com o bom desempenho do britânico Lewis Hamilton, que o deixou 0s199 atrás no segundo treino em solos russos. Isso porque, além de não conseguir começar o final de semana como gostaria ele ainda tem 40 pontos a menos que o representante da Mercedes no campeonato, começando na Rússia com 226.

?Parecíamos bem longe do resto dos [principais candidatos] e isso não é o ideal?, disse ele. ?Precisamos dar uma olhada no que estamos fazendo. Analisando-nos, não foi um bom dia em termos de sensação no carro. Eu acho que há mais que precisamos fazer para chegar lá?, ressaltou.

Ainda destacando seu desconforto no cockpit de seu SF71H, o alemão falou do dia com negativismo. ?Às vezes, você tem melhores sextas-feiras, às vezes, não. Acho que para nós não foi uma corrida particularmente limpa no final, mas ainda é bom o suficiente?.

Seu companheiro de equipe, Kimi Raikkonen, entretanto, se mostrou indiferente, sem se surpreender com sua própria lentidão em Sochi. ?Eu não entendo porque as pessoas fazem tanto barulho sobre sexta-feira?, disparou. ?Se você olhar para todas as sextas-feiras, provavelmente verá que nem sempre ela impacta no resultado de verdade. Para nós, é uma coisa muito normal?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS