Ceará recebe penúltima etapa do campeonato mundial de kitesurf Mais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Ceará recebe penúltima etapa do campeonato mundial de kitesurf

Praia do Preá, no município de Cruz, é o único local a receber o evento no Brasil

14:36 | 28/09/2018
NULL
NULL
[FOTO1] O vento é marca registrada no Ceará. Tanto que o estado vai receber entre os dias 20 e 24 de novembro a sexta e penúltima etapa do campeonato mundial de kitesurf, o Kite-Surf World Tour, na categoria Strapless. O evento acontecerá na Praia do Preá, no município de Cruz, a 12km de Jericoacoara. O local, inclusive, é conhecido como a terra dos ventos, ferramenta necessária para o desenvolver do esporte. Existe também a expectativa da realização de uma categoria feminina nesta etapa, mas ainda não foi fechada. 

Sebastian Ribeiro e Pedro Matos são duas promessas brasileiras que participarão da etapa. Além deles, a competição que será realizada no Ceará contará com nomes reconhecidos do esporte, como Airton Cozzolino, Matchu Lopes e Mitu Monteiro, todos de Cabo Verde e atletas que buscam o título mundial, além de prêmios que totalizam 25 mil euros.

Em conversa com o O POVO, Mitu Monteiro disse considerar o Ceará sua segunda casa. "Já estive competindo em Cumbuco e acho que o sonho de todo kitesurfista é disputar um campeonato no Brasil.Tem muita gente de muitos países que vem só para pegar esse vento. E no Preá tem vento demais. É um lugar seguro para encontrar as condições de praticar o esporte", revelou o cabo-verdiano. 
 
[FOTO2] Quem também comentou sobre o torneio foi o brasileiro Sebastian Ribeiro, que destacou a importância da etapa para o kitesurf brasileiro. "Para o esporte significa muito, mas também ao mesmo tempo é um bom momento para organizarmos o nosso kitesurf com trabalho de base e segurança. E essa etapa em casa é sempre bom, porque podemos contar com a torcida local, que estimula a gente", declarou. 

A etapa do Ceará será a sexta. O campeonato, realizado pela Associação Global de Kitesurf (GKA), já passou por Fuerteventura, ilha do arquipélago das Canárias, próximo do Marrocos; Tarifa, na Espanha; Dakhla, no Saara Ocidental; Cabo Verde e Portugal. O evento tem chancela e o reconhecimento da Federação Internacional de Vela (World Sailing) e da CBVela (Confederação Brasileira de Vela).
TAGS