Brasil vence a Eslovênia e garante classificação no Mundial de vôleiMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Brasil vence a Eslovênia e garante classificação no Mundial de vôlei

Neste sábado, pela segunda rodada da segunda fase do Campeonato Mundial de vôlei masculino, o Brasil não encontrou dificuldades para vencer a Eslovênia, por 3 sets a 0 (parciais de 25/22, 25/21 e 25/17), e garantir a classificação para a próxima fase da competição internacional. Com a vitória, a Seleção não pode mais ser alcançada [?]

17:30 | 22/09/2018

Neste sábado, pela segunda rodada da segunda fase do Campeonato Mundial de vôlei masculino, o Brasil não encontrou dificuldades para vencer a Eslovênia, por 3 sets a 0 (parciais de 25/22, 25/21 e 25/17), e garantir a classificação para a próxima fase da competição internacional.

Com a vitória, a Seleção não pode mais ser alcançada por Austrália, Bélgica ou os próprios eslovenos, e já que o líder de cada grupo carimba vaga na terceira fase da disputa, a equipe comandada por Renan Dal Zotto já está garantida na etapa seguinte.

O resultado também proporcionou ao Brasil seu sexto triunfo em sete partidas do Mundial. A equipe verde e amarela perdeu somente para a Holanda, ainda na primeira fase.

O jogo ? No início do primeiro set, o saque mostrou-se fundamental para a pontuação da partida, seja pelos erros no fundamento ou pelos aces. A equipe de Renan Dal Zotto valeu-se dos próprios bloqueios e erros dos adversários para abrir certa vantagem no placar.

Entretanto, o equilíbrio foi tornando-se o protagonista da rodada. A Eslovênia equilibrou as ações e chegou a ameaçar o Brasil na reta final da parcial, que demonstrou um pouco de nervosismo. Porém, logo o sentimento foi espantado, a Seleção abriu três pontos de diferença e foi capaz de fechar o set por 25 a 22.

A segunda rodada viu a Seleção Brasileira abrir uma vantagem significativa na metade do embate, com cinco pontos à frente, chegando a ficar com 15 a 10 favorável. Apesar da Eslovênia encostar no placar, o Brasil não ?deu mole? na reta final e confirmou sua superioridade: 25 a 21.

Mais perto do triunfo e da classificação, os comandados de Renan Dal Zotto começaram o terceiro set confiantes. Tal sentimento traduziu-se em rendimento na quadra: a vantagem construída no início da parcial ditou o ritmo do restante do embate e o Brasil saiu com a vitória.

Gazeta Esportiva

TAGS