PUBLICIDADE
Esportes

Na Croácia, Rogerinho vence e garante vaga na chave principal de Umag

Nesta segunda-feira, em duelo contra o eslovaco Andrej Martin, no ATP 250 de Umag, o brasileiro Rogerinho levou a melhor e garantiu vaga na chave principal do torneio croata. Para terminar o dia com o saldo positivo, o paulista fez 2 sets 0 e anotou parciais de 6/2, 5/7 e 6/2, em 2h14 de embate. [?]

17:30 | 16/07/2018

Nesta segunda-feira, em duelo contra o eslovaco Andrej Martin, no ATP 250 de Umag, o brasileiro Rogerinho levou a melhor e garantiu vaga na chave principal do torneio croata. Para terminar o dia com o saldo positivo, o paulista fez 2 sets 0 e anotou parciais de 6/2, 5/7 e 6/2, em 2h14 de embate.

Com isso, o número 1 do Brasil anulou o saldo negativo que tinha com Martin. Em quatro duelos, são duas vitórias de cada lado. O último revês tinha sido na primeira rodada do ATP de Quito, em fevereiro, quando Rogerinho foi superado em dois sets diretos.

Desta vez, o atual 138 do mundo vinha embalado de vitória contra o croata Admir Kalender. No último domingo, ele anoutou 6/3 e 6/2 e avançou para a rodada final do qualificatório. Agora no torneio, ele defende 45 pontos. Isso porque, no último ano, venceu dois jogos pela chave principal, um deles contra o francês Gael Monfils, e chegou às quartas de final.

O jogo

Para triunfar, Rogerinho chegou a abrir 4/0. Em seguida, viu Martin confirmar seu serviço e ainda sofreu quebra para diminuir a diferença no marcador. O paulista, entretanto, revidou. No oitavo game, perdeu três chances de set point, mas confirmou na quarta para ficar à frente.

Na segunda parcial, Rogerinho viu Martin começar melhor. O eslovaco confirmou seu serviço e quebrou o brasileiro. Dutra, ainda conseguiu impor bons lances para igualar o marcador depois de duas quebras em cima do rival. O 157 do mundo voltou a superar o brasileiro no sexto e no 11º game e forçou o terceiro set.

A partida foi interrompida por chuva e, quando retomada, Rogerinho voltou embalado. Outra vez, ele fez 4/0 para intimidar o adversário. Depois, os dois lados confirmaram seus saques e o brasileiro administrou bem a vantagem para vencer.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS