Melo e Kubot estreiam nesta quarta-feira em WashingtonMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Melo e Kubot estreiam nesta quarta-feira em Washington

O mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot jogam nesta quarta-feira (1) dando início aos torneios preparatórios, em quadra rápida, para o US Open. Às 13h (horário de Brasília), a dupla estreia no ATP 500 de Washington, na capital dos Estados Unidos, enfrentando o croata Ivan Dodig  ? que já foi parceiro de Marcelo [?]

20:30 | 31/07/2018

O mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot jogam nesta quarta-feira (1) dando início aos torneios preparatórios, em quadra rápida, para o US Open. Às 13h (horário de Brasília), a dupla estreia no ATP 500 de Washington, na capital dos Estados Unidos, enfrentando o croata Ivan Dodig  ? que já foi parceiro de Marcelo ? e o japonês Ben McLachlan. Melo e Kubot ? cabeças de chave número 3 ? foram vice-campeões no Rock Creek Park Tennis Center no ano passado.

Depois de Washington, Melo e Kubot disputam dois Masters 1000: entre os dias 6 e 12 de agosto, em Toronto, no Canadá, e, depois, de volta aos Estados Unidos, em Cincinnati, de 12 a 18. Esses três torneios antecedem e servem de preparação para o US Open, que será realizado entre 27 de agosto e 9 de setembro. Melo e Kubot repetem assim, nesta temporada, a mesma sequência de 2017, até o Grand Slam em Nova Iorque.

?Viajei na semana passada para os Estados Unidos e treinei alguns dias na Flórida, antes de seguir para cá. Agora é dar início, aqui em Washington, a essa sequência de torneios até o US Open?, afirma Marcelo.

No ranking mundial individual de duplas, Melo ocupa atualmente a décima colocação, com Kubot em nono. Eles empatam em número de pontos, 5.070, mas pelo primeiro critério de desempate ? torneios disputados ao longo de 52 semanas -, o mineiro tem uma competição a mais. O líder do ranking é o norte-americano Mike Bryan, com 8.175 pontos.

Já no ranking mundial de duplas, Melo e Kubot estão na oitava colocação, com 2.190 pontos. O ATP Doubles Team Race define, ao final da temporada, as oito melhores parcerias para a disputa do ATP Finals, encerrando o ano. Os líderes são o austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic, com 6.230.

Gazeta Esportiva

TAGS