PUBLICIDADE
Esportes

Kevin Love renova contrato com os Cavaliers por mais quatro anos

Depois da notícia impactante da ida de LeBron James para o Los Angeles Lakers, o torcedor do Cleveland Cavaliers recebeu uma boa notícia nesta terça-feira. A franquia anunciou a extensão de contrato com o ala-pivô Kevin Love por quatro anos, somando um total de US$ 120 milhões (aproximadamente R$ 454 milhões), e, com isso, mantém [?]

14:00 | 24/07/2018

Depois da notícia impactante da ida de LeBron James para o Los Angeles Lakers, o torcedor do Cleveland Cavaliers recebeu uma boa notícia nesta terça-feira. A franquia anunciou a extensão de contrato com o ala-pivô Kevin Love por quatro anos, somando um total de US$ 120 milhões (aproximadamente R$ 454 milhões), e, com isso, mantém um dos principais nomes da equipe para a próxima temporada da NBA.

?Quando eu cheguei em Cleveland, vim com a mentalidade de um trabalho de longo prazo. Eu vim para vencer e desenvolver uma cultura aqui que reflete isso. Estou extremamente animado por permanecer aqui. É um compromisso muito importante para mim e para os Cavaliers. Gosto muito de jogar e estar aqui, estou empolgado com o time que temos e de olho em nosso futuro juntos?, disse o jogador após o acerto da sua renovação com a franquia de Cleveland.

No começo do ano, Love sofreu com os problemas físicos ao sofrer uma fratura na mão esquerda durante derrota para o Detroit Pistons, sendo o principal desfalque dos Cavaliers. Na última temporada, a equipe teve um baixo rendimento na temporada regular e terminou apenas na quarta colocação, algo incomum para a franquia desde que LeBron James tinha retornado ao time após passagem vencedora no Miami Heat.

Mesmo em baixa, o time mostrou toda sua força na pós-temporada, e conseguiram resultados expressivos para garantirem mais um título da Conferência Leste. Os Cavs eliminaram na primeira rodada dos playoffs o Indiana Pacers , em sete jogos, ?varreram? o Toronto Raptors na semifinal e venceram o Boston Celtics na decisão. No entanto, não foram páreos diante do Golden State Warriors, que conquistaram o título pela terceira vez nos últimos quatro anos.

Gazeta Esportiva

TAGS