PUBLICIDADE
Esportes

Hamilton não acredita alcançar os títulos conquistados por Schumacher

Liderando o Mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton teve o contrato renovado com a Mercedes até 2020, com aproximadamente R$ 200 milhões de salário por temporada. Com mais alguns anos pela escudeira, o piloto poderia até mesmo alcançar em títulos o alemão Michael Schumacher. No entanto, a hipótese foi descartada pelo inglês, que acha impossível [?]

15:45 | 25/07/2018

Liderando o Mundial de Fórmula 1, Lewis Hamilton teve o contrato renovado com a Mercedes até 2020, com aproximadamente R$ 200 milhões de salário por temporada. Com mais alguns anos pela escudeira, o piloto poderia até mesmo alcançar em títulos o alemão Michael Schumacher. No entanto, a hipótese foi descartada pelo inglês, que acha impossível repetir o feito.

?Para mim, isso parece um número inimaginável. Não faz sentido pensar que você vai ganhar todos os campeonatos a partir de agora até o fim do contrato. Esse seria o sonho, o cenário perfeito e nada funciona perfeitamente em geral. Então, não parti para dois anos pensando que isso me dava tempo para fazer isso, mas vou trabalhar?, afirmou Hamilton.

O piloto, que tem 33 anos atualmente, chegará ao término do vínculo com 36. No entanto, não descartou fazer um outro contrato na F1 futuramente. ?É impossível dizer, eu acho, onde você vai estar daqui há dois anos. O que eu posso dizer é que ainda me sinto muito bem e não esperava estar tão empolgado quanto estou agora para estender. Há muitas grandes razões para continuar fazendo parte do esporte. Quem sabe onde estaremos daqui a dois anos? ?, frisou.

Com a vitória na Alemanha no último domingo, Hamilton retomou a liderança do Mundial de F1, com 188 pontos, 17 a mais em relação a Sebastian Vettel, vice líder. O inglês coleciona quatro títulos, contra sete de Schumacher. Até o final do contrato, é possível igualar o número de taças.

Gazeta Esportiva

TAGS