PUBLICIDADE
Esportes

Federer lamenta eliminação e exalta vitória de Kevin Anderson

Nesta quarta-feira, Roger Federer se despediu do torneio de Wimbledon ao sofrer uma incrível virada do sul-africano Kevin Anderson. Após confirmar o seu favoritismo ganhando os dois primeiros sets e inclusive tendo um match point a seu favor, o suíço acabou sendo surpreendido e foi derrotado com parciais de 2/6, 6/7, 7/5, 6/4 e 13/11 [?]

09:45 | 12/07/2018

Nesta quarta-feira, Roger Federer se despediu do torneio de Wimbledon ao sofrer uma incrível virada do sul-africano Kevin Anderson. Após confirmar o seu favoritismo ganhando os dois primeiros sets e inclusive tendo um match point a seu favor, o suíço acabou sendo surpreendido e foi derrotado com parciais de 2/6, 6/7, 7/5, 6/4 e 13/11 em 4h14 de partida.

Após a partida, Federer lamentou a derrota, sobretudo por conta das chances desperdiçadas, mas fez questão de exaltar o bom desempenho e a vitória de Kevin Anderson.

?Acho que tive minhas chances, então é decepcionante. Quando eu precisei, não consegui subir meu nível?Ele foi consistente, foi sólido e conseguiu o que precisava no momento em que precisava. O crédito é dele por continuar mentalmente no jogo por muito tempo?, disse.

Pela quinta vez na carreira, o vice-líder do ranking sofreu a virada após vencer os dois primeiros sets. O suíço não soube dizer a partir de que momento perdeu o controle da partida, e voltou a dar os méritos ao seu oponente.

?Honestamente, não tenho certeza, mas sei que isso aconteceu em algum momento. Não sei se foi no momento em que eu perdi o match-point ou quando fui quebrado no 5/5, eu não tenho certeza. Isso pode ter sido decisivo. Alguns pontos aqui ou ali sempre fazem a diferença no resultado de uma partida?Para ser honesto, não senti fadiga mental, mas agora me sinto terrivelmente fatigado. É terrível. Mas é assim que as coisas são. Crédito a ele?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS