PUBLICIDADE
Esportes

Com o título, Djokovic volta ao top 10 do ranking; Anderson estreia no top 5

No último domingo, Novak Djokovic e Kevin Anderson se enfrentaram na final do torneio de Wimbledon, e o sérvio levou a melhor ao vencer por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/2 e 7/6 (3). Com o título, Djokovic subiu 11 posições no ranking da ATP e retornou ao top 10 após oito [?]

11:30 | 16/07/2018

No último domingo, Novak Djokovic e Kevin Anderson se enfrentaram na final do torneio de Wimbledon, e o sérvio levou a melhor ao vencer por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/2 e 7/6 (3). Com o título, Djokovic subiu 11 posições no ranking da ATP e retornou ao top 10 após oito meses. Já Anderson, vice-campeão, ganhou três colocações e alcançou o top 5 pela primeira vez em sua carreira.

O sul-africano de 32 anos agora terá um pouco de trabalho se quiser seguir subindo na classificação da ATP. Isso porque o quarto colocado, Juan Martín Del Potro, está quase 800 pontos à sua frente. Já Djoko tem tarefa um pouco menos complicada: a distância é de pouco mais de 300 pontos para o austríaco Dominic Thiem, o nono, e menos de 400 para o norte-americano John Isner, o sétimo.

Isner, inclusive, também ocupa a sua melhor colocação da carreira, ganhando duas posições após chegar na semifinal na grama do All England Club. O número um do mundo continua sendo o espanhol Rafael Nadal. Eliminado na semi pelo campeão Djokovic, abre mais de dois mil pontos de diferença para Roger Federer, eliminado nas quartas pelo vice-campeão Kevin Anderson.

Para os brasileiros, a situação segue não sendo muito boa no ranking. O melhor colocado é Rogerinho, na 138° posição, seguido por Thiago Monteiro, na 145°, Guilherme Clezar, em 192°, e Thomaz Bellucci, em 265°.

Gazeta Esportiva

TAGS