PUBLICIDADE
Mais Esportes

Filipe Toledo dá show em bateria “brasuca” no Rio Pro; Medina avança

Nesta quarta-feira, o mar de Saquarema, no Rio de Janeiro, esteve repleto de brasileiros em ação pelas oitavas de final do Rio Pro, quarta etapa do Mundial de Surfe. Os “brasucas”, por sinal, fizeram bonito e, em sua maioria, avançaram às quartas de final. Destaque para Filipe Toledo, que fechou a Bateria 1 com chave […]

12:45 | 16/05/2018

Nesta quarta-feira, o mar de Saquarema, no Rio de Janeiro, esteve repleto de brasileiros em ação pelas oitavas de final do Rio Pro, quarta etapa do Mundial de Surfe. Os “brasucas”, por sinal, fizeram bonito e, em sua maioria, avançaram às quartas de final. Destaque para Filipe Toledo, que fechou a Bateria 1 com chave de ouro, conquistando uma nota 10 na última onda, e Gabriel Medina, que não teve grandes sustos na Bateria 3.

A primeira bateria masculina do dia pintou o mar carioca de verde e amarelo. Três brasileiros disputavam duas vagas nas quartas de final: Filipe Toledo, Michael Rodrigues e Ian Gouveia. Melhor para os dois primeiros, que alcançaram as melhores somatórias e avançaram na competição. Em segundo lugar, Michael Rodrigues fechou a sessão com 10,94, superando Ian Gouveia, que terminou com 8. Filipe Toledo sobrou na bateria e fechou com 18,33, com direito a um belo aéreo na última onda, que lhe rendeu uma nota 10 por parte dos jurados.

Na próxima fase, os adversários de Filipinho e Michael, respectivamente, serão o norte-americano Kolohe Andino, segundo colocado da Bateria 2, e o australiano Julian Wilson, líder geral do WSL, que ficou com o primeiro lugar.

Na sequência, foi a vez de Gabriel Medina entrar nas águas de Saquarema. O brasileiro não teve grandes problemas para superar seus dois oponentes e, com 11,84 de somatória, ficou com o primeiro lugar da Bateria 3. Quando a outra vaga parecia encaminhada para o havaiano Sebastian Zietz, seu conterrâneo Ezekiel Lau conseguiu se recuperar no final, passou na frente e garantiu presença nas quartas de final.

Pela quarta e última bateria entre os homens, Yago Dora foi outro brasileiro que não decepcionou e ficou com a vaga na continuidade do torneio. Ele ficou em primeiro lugar, com 13,94 de nota, batendo o australiano Wade Carmichael, que ficou com 11,4, e o havaiano e atual bicampeão mundial John John Florence, que fechou a sessão com apenas 8.

Portanto, Medina enfrenta Carmichael nas quartas de final do Rio Pro, enquanto Yago Dora medirá forças com Ezekiel Lau na última bateria.

Gazeta Esportiva

Recomendadas para você

Comentários