PUBLICIDADE
Esportes

Elinho, Larry Taylor e Gegê são finalistas do prêmio de Melhor Armador

Além de estarem na briga pelo título da temporada do NBB, os jogadores Elinho, do Paulistano, e Larry Taylor, do Mogi das Cruzes, também têm outro embate: a luta pelo posto de Melhor Armador da competição em 2018/19. Ao lado dos finalistas, Gegê, do Minas Tênis Clube também concorre ao atributo. O trio foi o mais [?]

17:00 | 21/05/2018

Além de estarem na briga pelo título da temporada do NBB, os jogadores Elinho, do Paulistano, e Larry Taylor, do Mogi das Cruzes, também têm outro embate: a luta pelo posto de Melhor Armador da competição em 2018/19. Ao lado dos finalistas, Gegê, do Minas Tênis Clube também concorre ao atributo.

O trio foi o mais votado em eleição que contou com a participação de técnicos, assistentes e capitães das 15 equipes que disputaram o torneio. Para chegar aos nomes, a opinião de imprensa especializada, personalidades do basquete brasileiro, comissários e árbitros também foi levada em conta. O vencedor será conhecido na Festa dos Melhores do Ano, no próximo dia 16, em São Paulo (SP).

Para chegar à final, eles deixaram para trás Cauê Verzola (Caxias), Cubillán (Flamengo), Davi Rossetto (Basquete Cearense), Deryk Ramos (Paulistano), Kenny Dawkins (Vitória), Stocks (Joinville) e Yago (Paulistano), que também concorriam ao título.

Se levar a melhor, Larry Taylor conquistará o título pela terceira vez. Isso porque o norte-americano de 37 anos é dono do troféu nas edições 2008/09 e 10/11. Dessa vez, ele conta com sólidos 11,9 pontos, 5,1 rebotes e 4,7 assistências por jogo.

Gegê e Elinho, por sua vez, estão em busca de título inédito. A seu favor, o jogador do Minas somou cerca de sete assistências por partida, enquanto seu adversário, o camisa cinco do Paulistano, tem média de 6,4 por jogo.

Gazeta Esportiva

TAGS