PUBLICIDADE
Esportes

Brasil Challenge Internacional agita fim de semana em Minas Gerais

Na cidade de Conceição de Ibitipoca, em Minas Gerais, a Brasil Challenge Internacional será disputada. Serão três dias de provas para os atletas das elites, com total de 217 km percorridos entre está sexta-feira e domingo, no Parque Estadual do Ibitipoca. Classificada como classe 2 no formato XCS, cross country por estágios, a disputa mineira [?]

20:00 | 03/05/2018

Na cidade de Conceição de Ibitipoca, em Minas Gerais, a Brasil Challenge Internacional será disputada. Serão três dias de provas para os atletas das elites, com total de 217 km percorridos entre está sexta-feira e domingo, no Parque Estadual do Ibitipoca. Classificada como classe 2 no formato XCS, cross country por estágios, a disputa mineira ofertará 80 pontos aos campeões das elites no ranking da União Ciclística Internacional. Na abertura, os ciclistas terão pela frente 60 km, com mais 100 km na etapa Rainha e outros 57 km na decisão.

O destaque é Henrique Avancini, da equipe Cannondale Factory Racing, que acaba de atingir o melhor ranking de sua carreira no MTB, top 4 na atualização da última terça-feira. Além dele, outros nomes são destaques na disputa como Sherman Trezza, Hugo Prado Neto e Lukas Kaufmann, também da Cannondale Brasil Racing, Wolfgang Olsen, Edson Rezende e Pedro Lage, do time Caloi Avancini Team, e José Gabriel Marques, da Groove/Shimano.

Henrique Avancini fará no evento sua última corrida antes de embarcar para Europa para duas etapas da Copa do Mundo. ?Estou muito animado para a Brasil Challenge Internacional. Será um excelente esforço para o próximo bloco de provas da Copa do Mundo, ainda em maio, na Alemanha e na República Tcheca?, conta o ciclista. ?Parabenizo os organizadores, pela iniciativa de realizar um evento UCI em um mês em que não teríamos competições internacionais no País?, completa o atleta.

Já Sherman Trezza voltará a competir em uma ultramaratona de estágios, após a Brasil Ride 2017. ?Esta será a estreia da prova e ela já entra na UCI como ranking s2, com três dias e tem tudo para ser uma competição muito dura. Será realizada em uma região com muita montanha e trilhas, e acredito que será bem difícil. Estou focado nas provas de cross country (XC) e minha última disputa no estilo foi a Brasil Ride, na temporada passada. Espero desempenhar bem nas três fases do evento?, define Sherman, mineiro de Lambari.

Gazeta Esportiva

TAGS