PUBLICIDADE
Esportes

Bellucci vence e fica a um jogo de chave principal de Roland Garros

Nesta quarta-feira, Thomaz Bellucci deu mais um grande passo para entrar na chave principal de Roland Garros. O brasileiro enfrentou o espanhol Daniel Gimeno-Traver e a vitória por 2 sets a 0, parciais 6/1 e 7/6 fez com que ficasse a um jogo do qualifying para ingressar entre os 128 melhores tenistas do segundo Grand [?]

14:45 | 23/05/2018

Nesta quarta-feira, Thomaz Bellucci deu mais um grande passo para entrar na chave principal de Roland Garros. O brasileiro enfrentou o espanhol Daniel Gimeno-Traver e a vitória por 2 sets a 0, parciais 6/1 e 7/6 fez com que ficasse a um jogo do qualifying para ingressar entre os 128 melhores tenistas do segundo Grand Slam da temporada. Na última rodada do classificatório, o tenista do Tietê enfrentará o belga Rubens Bemelmans.

No primeiro set. Bellucci foi dominante e não deu nenhuma chances para o adversário de 32 anos, ao quebrar logo no primeiro game de saque do espanhol e fechar a primeira parcial em 6/1. Confiante, o brasileiro já abriu vantagem no game inicial do segundo set, e nem mesmo a perda do serviço em seguida atrapalhou o ritmo do tenista de Tietê, que voltou a vencer no saque de Traver no terceiro game da parcial.

Quando parecia que a vitória viria com tranquilidade, Bellucci jogou muito mal o oitavo game e viu Gimeno-Traver empatar o segundo set. O brasileiro ficou muito perto de perder mais um game e, consequentemente o set, mas salvou dois break-points e levou a parcial para o tiebreak, onde venceu de forma emocionante.

Sabendo que precisava começar bem o tiebreak, Gimeno-Traver jogou em alta intensidade desde o começo e complicou a vida do brasileiro, e abriu 6 a 2. No entanto, Bellucci mostrou muita força mental,salvou cicno set points e vence por 9 a 7, fechando a segunda parcial em 7/6 e o jogo por 2 sets a 0.

O Aberto da França é extremamente importante para Bellucci melhorar sua situação na temporada. Fora do Top 200 pela primeira vez na carreira desde 207, quando ainda tinha 19 anos e estava apenas começando sua trajetória no tênis, o brasileiro não conquista um título ATP desde 2015 e vem colecionando resultados abaixo do esperado, sem participar dos principais torneios mundiais e eliminado na primeira rodada tanto no Aberto do Brasil como no Rio Open.

 

Gazeta Esportiva

TAGS