PUBLICIDADE
Esportes

Presidente do Galo lamenta ?erro? da arbitragem, elogia Larghi, mas não confirma treinador

O Atlético não teve forças suficientes para conseguir o título do Campeonato Mineiro. O Galo entrou em campo, na tarde deste domingo, no Mineirão, contra o Cruzeiro, com vantagem de poder perder por até um gol de diferença, no entanto, foi batido por 2 a 0. Parte da derrota ocorreu pela expulsão de Rômulo Otero, [?]

19:30 | 08/04/2018

O Atlético não teve forças suficientes para conseguir o título do Campeonato Mineiro. O Galo entrou em campo, na tarde deste domingo, no Mineirão, contra o Cruzeiro, com vantagem de poder perder por até um gol de diferença, no entanto, foi batido por 2 a 0.

Parte da derrota ocorreu pela expulsão de Rômulo Otero, comprometendo a equipe. Algo que ficou bastante visível entre os alvinegros é a reclamação na arbitragem que expulsou o camisa 11, mas não tirou de campo outros cruzeirenses que, na avaliação da diretoria alvinegra, merecia o cartão vermelho, como Edilson e Thiago Neves.

Segundo o Presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, a situação estranha, mas evitou fazer grandes reclamações em torno dos árbitros.

?Eu não vou ficar reclamando de arbitragem, apenas estranhei, olhei com tranquilidade e me pareceu claro que o quarto árbitro fez sinalização de que os dois entraram de forma violenta e ele entendeu de expulsar apenas o nosso melhor jogador. A partir daquele momento tudo ficou muito difícil. Houve essa situação que dificultou?, destacou.

Apesar da queda e a perda do título, o Atlético teve um crescimento muito grande nos últimos jogos. O mandatário atleticano elogiou o técnico Thiago Larghi, que assumiu a equipe após a saída de Oswaldo de Oliveira, mas confirmou que o treinador segue como interino.

?Eu estou satisfeito com o trabalho que está sendo feito pelo Thiago. O nosso time apresentou muita evolução nos últimos jogos, no início do ano era o time que tinha muitos problemas. Tivemos um ano de mudanças, até encaixar demorou. Eu vejo que o time evoluiu muito. Fizemos dois jogos, um deles muito bem, poderia ter sido até melhor, mais elástico, e hoje tivemos a partir do mometno da expulsão apenas tentar segurar o jogo, mas infelizmente acredito que a final acabou ali?, destacou.

?Quero fazer o agradecimento pelo trabalho do Thiago, ele se dedica muito, pegou uma situação complicada, apostei nele. Olhei pra ele e falei que ele ia encarar, ele acreditou, faz um trabalho duro. Deposito nele confiança. Ele continua na mesma situação de interinidade, é funcionário do clube?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS