PUBLICIDADE
Esportes

No Dia da Atividade Física, websérie traz histórias de ídolos do esporte

No dia 6 de abril, é comemorado o Dia Mundial da Atividade Física, data que tem como objetivo promover a prática de atividades físicas junto da população, assim como mostrar os benefícios dos exercícios. Pensando nisso, o Ministério do Esporte produziu uma websérie que mostra o processo de transformação de atletas em ídolos do esporte [?]

11:45 | 06/04/2018

No dia 6 de abril, é comemorado o Dia Mundial da Atividade Física, data que tem como objetivo promover a prática de atividades físicas junto da população, assim como mostrar os benefícios dos exercícios. Pensando nisso, o Ministério do Esporte produziu uma websérie que mostra o processo de transformação de atletas em ídolos do esporte brasileiro.

A ideia é trazer a trajetória dos campeões, e mostrar as dificuldades que eles passaram antes de conseguirem as medalhas. Pois existe um Robson Conceição que durante muito tempo não fez ideia que um dia seria apresentado a uma versão campeã olímpica de si próprio. ?Meu início, de cara, não foi nada bom. Fiz dez lutas e perdi todas?, diz. Há uma Ágatha Rippel, medalhista de prata no vôlei de praia, que optou por seguir acreditando em treinos e repetições só porque era teimosa por natureza. ?Passei um ano perdendo, só jogando qualificatório: vinha, jogava um jogo, perdia, ia embora?. Tem um Diego Hypolito do tipo obsessivo, escondido além dos títulos mundiais, das quedas em Londres e Pequim e da prata no Rio. ?Eu desde sempre me dedico demais. Acabei tendo múltiplas lesões. Fiz 11 cirurgias?.

Os vídeos trazem atletas olímpicos e paralímpicos, e além dos nomes já citados, aparecem também Caio Bonfim, bronze no mundial de Londres em 2017; Adriana Araújo, bronze nas Olimpíadas de 2012; Lorena Spoladore, prata nos Jogos Paralímpicos em 2016, no Rio de Janeiro, dentre outros exemplos de luta e superação no esporte brasileiro.

Clique aqui para conferir todos os vídeos da websérie.

Gazeta Esportiva

TAGS