PUBLICIDADE
Esportes

Na volta de Joel Embiid, Sixers vencem Heat e abrem 2 a 1 na série

Depois de 21 dias sem jogar devido uma fratura no rosto, Joel Embiid voltou às quadras na noite desta quinta-feira e seu retorno não poderia ter sido melhor. No terceiro jogo da série de melhor de sete dos playoffs da NBA, o jogador ajudou o Philadelphia 76ers a vencer o Miami Heat, na Flórida, por 128 [?]

23:45 | 19/04/2018

Depois de 21 dias sem jogar devido uma fratura no rosto, Joel Embiid voltou às quadras na noite desta quinta-feira e seu retorno não poderia ter sido melhor. No terceiro jogo da série de melhor de sete dos playoffs da NBA, o jogador ajudou o Philadelphia 76ers a vencer o Miami Heat, na Flórida, por 128 a 108 e abriram vantagem de 2 a 1 na série. Além disso, os Sixers quebram um tabu, já que não venciam em Miami há sete jogos.

Com uma máscara especial, o camaronês disputou o primeiro jogo da sua carreira em playoffs e ainda foi o cestinha da partida, empatado com Goran Dragic, ambos com 23 pontos. Além deles, outro destaque do 76ers foi Ben Simmons, que fez um duplo-duplo ao realizar o maior número de rebotes do jogo, com 12, e marcar 19 pontos. Pelo lado do Heat, Justise Winslow também conseguiu um duplo-duplo, com 19 pontos e 10 rebotes.

Logo no primeiro quarto, os Sixers marcaram 37 pontos e quase igualaram sua maior marca em playoffs, quando anotaram 38 contra os Cavaliers, em 1990. A parcial, porém, foi equilibrada, mas foi o time visitante quem largou na frente, vencendo o período por 37 a 33.

O Miami voltou melhor no segundo quarto e reagiu. Liderado por Goran Dragic e Justise Winslow, o Heat deu o troco e venceu a parcial por 31 a 26. No placar total, um ponto separaram as equipes e o placar foi para o intervalo em 64 a 63 a favor dos anfitriões.

A partida era tão equilibrada, que pouco depois do retorno do intervalo, já havia tido 10 empates e 14 mudanças de liderança. No estouro do cronômetro do terceiro quarto, o Philadelphia acertou uma certa de três e passou na frente. Levou a parcial por 33 a 30 e foi para o decisivo período com dois pontos de vantagem: 96 a 94.

O último quarto teve domínio total dos Sixers. Parecia que o gás do Miami tinha acabado, e a equipe visitante aproveitou para abrir de vez a vantagem. Abriu a maior diferença no placar, venceu o período por 32 a 12 e decretou o triunfo que desempatou a série.

Gazeta Esportiva

TAGS