PUBLICIDADE
Esportes

Mogi vence Caxias do Sul, e fará semifinal contra o Flamengo no NBB

Nesta segunda-feira, no Ginásio Vasco da Gama, Caxias do Sul e Mogi se enfrentaram no quarto jogo, da série melhor de cinco do Novo Basquete Brasil (NBB). Com o placar a favor, o Mogi não foi bem na primeira metade do duelo, mas se encontrou depois do intervalo, dominando as ações, o adversário, e com [?]

22:15 | 23/04/2018

Nesta segunda-feira, no Ginásio Vasco da Gama, Caxias do Sul e Mogi se enfrentaram no quarto jogo, da série melhor de cinco do Novo Basquete Brasil (NBB). Com o placar a favor, o Mogi não foi bem na primeira metade do duelo, mas se encontrou depois do intervalo, dominando as ações, o adversário, e com o placar final de 80 a 70 chegaram à semifinal, para medir forças diante do Flamengo.

O primeiro quarto começou com os donos da casa indo para cima, conseguindo abrir 7 a 0, atordoando o Mogi, que mesmo assim, reagiu e começou a encostar no marcador. O Caxias seguia melhor, e foi para a reta final do começo da partida vencendo por 17 a 10. A vitória era fundamental para a equipe vencer e igualar a série. Apesar de a equipe visitante ameaçar encostar, o quarto seguia com a equipe de Caxias dominando as ações, conseguindo controlar bem as ações.

O domínio seguia sendo do Caxias do Sul, que conseguiu fechar o primeiro quarto em 23 a 16, com muita superioridade em relação ao adversário, que pouco conseguiu fazer nos primeiros dez minutos, só na reta final, onde conseguia diminuir a vantagem.

Diferentemente do que acontecia no primeiro quarto, o segundo, foi marcado por muito equilíbrio. Pois, o Mogi apostava muito nas cestas de três pontos, e em algumas ocasiões dava o contra-ataque ao Caxias do Sul, que sabia muito bem aproveitá-los.

Aos poucos, os visitantes começavam a encostar no placar, graças às cestas de três, e em mais da metade do segundo quarto, a vantagem do Caxias do Sul era de apenas um ponto. A situação fez com que o time mandante acordasse, e novamente aproveitando os contragolpes conseguia se manter na frente. O jogo sequia equilibrado, e a metade da partida fechou em 39 a 36.

Na volta para o intervalo, o Mogi voltou arrasador, abrindo 8 a 0, tomando a dianteira do placar pela primeira vez na partida, fazendo com que a torcida dos donos da casa ficasse incrédula, não entendo o que acontecia, situação refletida na equipe em quadra.

O baque fez com que o Caxias acordasse e tentasse a vitória para igualar a série. Entretanto, a virada espetacular do adversário fez com que o time sentisse, enquanto os visitantes seguiam fazendo terceiro quarto impecável, tendo 12 pontos de vantagem no quarto e nove no jogo, começando a encaminhar a classificação rumo à semifinal.

Apoiado pela torcida, o Caxias do Sul não desistiu, e seguiu pressionando para forçar o quinto e decisivo jogo, diminuindo aos poucos a conta. Mas, o Mogi seguia fazendo um grande quarto, conseguindo ficar na frente, por boa margem, fechando em 54 a 49.

No último e derradeiro quarto, os donos da casa seguiam arriscando. Mas, quando chegava, o Mogi era implacável, anotando os primeiros pontos. Disposto a virar, o Caxias tentava, mas seguia atrás: 56 a 60, faltando pouco mais de seis minutos para o fim da partida.

Quando era para decidir, o Caxias do Sul não aproveitava, perdendo lances livres. Na sequência, o Mogi teve o mesmo lance a seu favor, e converteu os dois pontos, deixando o placar em 62 a 58. A situação abalou mais uma vez os mandantes, que viram o placar ser ainda mais ampliado, depois apenas administrado pelo Mogi, que venceu por 80 a 70, e chegou à semifinal do NBB para encarar o Flamengo.

Gazeta Esportiva

TAGS