PUBLICIDADE
Esportes

Medina e Ítalo Ferreira avançam em Bells Beach; Mineirinho cai

Nesta segunda-feira, dois brasileiros avançaram para a quarta fase da etapa de Bells Beach do Circuito Mundial de surfe, que acontece em Victoria, na Austrália. Gabriel Medina e Ítalo Ferreira venceram seus duelos e seguem vivos na disputa pelo título. No entanto, Jessé Mendes, Filipe Toledo, Willian Cardoso e Adriano de Souza, o Mineirinho, ficaram [?]

22:30 | 02/04/2018

Nesta segunda-feira, dois brasileiros avançaram para a quarta fase da etapa de Bells Beach do Circuito Mundial de surfe, que acontece em Victoria, na Austrália. Gabriel Medina e Ítalo Ferreira venceram seus duelos e seguem vivos na disputa pelo título. No entanto, Jessé Mendes, Filipe Toledo, Willian Cardoso e Adriano de Souza, o Mineirinho, ficaram pelo caminho e se juntaram a Caio Ibelli, Ian Gouveia, Tomas Hermes, Yago Dora e Michael Rodrigues, eliminados na primeira fase.

Agora, Gabriel Medina e ítalo Ferreira estão com o francês Jeremy Flores na última bateria da quarta fase. Apenas um dos três avança diretamente para as quartas de final. Os perdedores vão para a repescagem.

Jessé Mendes não passa pelo experiente Owen Wright

Em bateria que aconteceu na segunda-feira, Jessé Mendes, recém-promovido à divisão de elite do surfe, não conseguiu passar pelo australiano Owen Wright. Com uma ótima leitura das ondas, o surfista local soube aproveitar duas oportunidades para somar 13,94. Já o brasileiro não escolheu bem e somou apenas um 10,33. O mar não oferecia ondas para notas altas, até que faltando alguns segundos para o fim da bateria uma ondulação boa surgiu. Dono da prioridade, Wright entrou nela para não deixar chances ao brasileiro, e ainda conseguiu um 7,87, fechando o duelo com 15,14.

Mineirinho abusa dos erros e para em Conner Coffin

Adriano de Souza, o Mineirinho, abusou das falhas e foi eliminado pelo norte-americano Conner Coffin. Em uma bateria fraca, o brasileiro caiu em três oportunidades e conseguiu somar um 8,36. Já Coffin também teve um desempenho insatisfatório, contabilizando um 9,83. Faltando menos de dois minutos para o fim, Mineirinho precisava de apenas um 3,14 para conseguir a classificação, no entanto, escolheu uma onda pequena, que lhe rendeu um 2.93 e a eliminação da etapa.

Em bateria de alto nível, Ítalo Ferreira elimina Filipe Toledo

A melhor bateria da etapa até o momento foi brasileira. Logo de cara, o potiguar Ítalo Ferreira surfou para um 8,50, melhor nota da etapa, mas Filipe Toledo, o Filipinho, não ficou muito atrás e conseguiu um 7,33. Não satisfeito, Ferreira buscou outra ótima ondulação, que lhe rendeu um 8.10. Com 16.60 no somatório, apenas um 9,27 de Toledo o tiraria da competição. A onda veio e Filipinho teve ótima performance (8,07), porém, não foi páreo para o surfe quase perfeito do compatriota.

Medina passa por Willian Cardoso em disputa acirrada

Na última bateria da terceira fase, Gabriel Medina enfrentou Willian Cardoso, em mais um duelo de brasileiros. O campeão da temporada de 2014 somou 12,73, enquanto Cardoso fez 13,30. Porém, com um 7,33 já na reta final, a somatória de Medina foi para 14,16 e seu oponente não teve tempo para surfar uma onda que lhe rendesse uma pontuação boa.

Confira as baterias da terceira fase de Bells Beach:

  1. Wade Carmichael (AUS) 13,30 X 12,17 Jordy Smith (AFS)
  2. Michael Bourez (TAH) 12,84 X 9,66 Kolohe Andino (EUA)
  3. Owen Wright (AUS) 15,14 X 10,33 Jessé Mendes (BRA)
  4. Matt Winkinson (AUS) 13,77 X 12,33 Griffin Colapinto (EUA)
  5. Mick Fanning (AUS) 13,56 X 9,10 Sebastian Zietz (HAV)
  6. Patrick Gudauskas (EUA) 10,73 X 9,37 Julian Wilson (AUS)
  7. John John Florence (HAV) 9,76 X 13.07 Ezekiel Lau (HAV)
  8. Joel Parkinson (AUS) 9.07 X 11.60 Frederico Morais (POR)
  9. Adriano de Souza (BRA) 9,63 X 9,83 Conner Coffin (EUA)
  10. Filipe Toledo (BRA) 15,40 X 16,60 Ítalo Ferreira (BRA)
  11. Adrian Buchan (AUS) 11,73 X 11,86 Jeremy Flores (FRA)
  12. Gabriel Medina (BRA) 14,16 X 13,30 Willian Cardoso (BRA)

Gazeta Esportiva

TAGS