PUBLICIDADE
Esportes

Thiago Braz acerta apenas um salto e termina Mundial na 12ª posição

Campeão olímpico do salto com vara, Thiago Braz deu adeus ao Mundial Indoor de Birmingham sem medalhes. Dono da quarta melhor marca do mundo no indoor nesta temporada, o brasileiro acertou apenas um dos seis saltos, após superar os 5,60 m na terceira tentativa, abrir mão dos 5,70 m e não conseguir passar 5,80 m. Assim, o atleta [?]

17:30 | 04/03/2018

Campeão olímpico do salto com vara, Thiago Braz deu adeus ao Mundial Indoor de Birmingham sem medalhes. Dono da quarta melhor marca do mundo no indoor nesta temporada, o brasileiro acertou apenas um dos seis saltos, após superar os 5,60 m na terceira tentativa, abrir mão dos 5,70 m e não conseguir passar 5,80 m. Assim, o atleta terminou na 12ª posição.

O título ficou com Renaud Lavillenie, que saltou apenas quatro vezes para conquistar seu tricampeonato mundial indoor (5,90m). Com o ouro já garantido, o francês vice-campeão olímpico ainda tentou ultrapassar os 6,00m, mas não conseguiu. O americano Sam Kendricks e o polonês Piotr Lisek completaram o pódio com prata e bronze, respectivamente.

?Estava preparado para ganhar a medalha. Treinei muito porque esta era a minha principal competição da temporada. Infelizmente, não consegui me adaptar à pista. Não encaixei minhas passadas?, lamentou. ?Agora, vou me preparar para as competições ao ar livre e buscar regularidade?, concluiu o paulista.

Se Thiago não foi muito feliz neste domingo, Gabriel Constantino não pode dizer o mesmo. O carioca de 23 anos surpreendeu ao terminar o seu primeiro Campeonato Mundial de Atletismo Indoor em sexto lugar nos 60 m com barreiras.

Na final, embora não tenha conseguido baixar seu melhor tempo (7.60), Gabriel fez uma competição regular, correndo com os principais atletas do mundo. O pódio foi formado pelo britânico Andrew Pozzi (7.46), pelo norte-americano Jarret Eaton (7.47) e pelo francês Aurel Manga (7.56).

?Foi uma boa experiência e a partir de agora vou pensar apenas na temporada ao ar livre, na prova dos 110 m com barreiras. Quero conseguir bons resultados?, comentou.

Com isso, o Brasil terminou o Mundial com uma medalha de prata, conquistada neste sábado no salto triplo por Almir Junior, um quarto lugar de Darlan Romani no arremesso do peso, além da sexta colocação do Gabriel nos 60 m com barreiras.

 

Gazeta Esportiva

TAGS